21 de Dezembro, 2012 - 11:16 ( Brasília )

Aviação

Boeing recebe 47 encomendas de aviões na última semana


A Boeing disse que recebeu 50 novas encomendas de aviões na última semana, incluindo 31 jatos 777, avaliadas em US$ 9 bilhões a preço de tabela. Clientes também cancelaram encomendas por três aviões - um 747, um 777 e um 787 -, levando a um aumento líquido de 47 aeronaves na carteira de encomendas da fabricante americana de aviões na semana.

Até agora, neste ano, a Boeing recebeu encomendas líquidas de 1.115 novos aviões. As 50 novas encomendas recentes incluem quatro aviões 767 para a FedEx, um 777 para a Republic of Iraq, e 15 aviões 737 e 30 aeronaves 777 para clientes não identificados pela Boeing.

 

China Airlines compra 6 aeronaves 777-300ER da Boeing - Maior companhia aérea em termos de receita de Taiwan vai gastar US$ 345 milhões.


A China Airlines, com base em Taiwan, disse nesta sexta-feira que comprará seis novas aeronaves de passageiros Boeing 777-300ER, à medida que busca expandir o tamanho da frota diante de expectativas de que a demanda por viagens de lazer continuarão robustas.

A compra dos jatos, que custará US$ 345 milhões, cada, ocorre logo após a empresa anunciar no início da semana que faria um leasing de quatro aviões de passageiros do mesmo modelo da GE Capital Aviation. A compra mais recente de US$ 2,07 bilhões levará o número de jatos da China Airlines para 82.

Todos os 10 aviões, que serão utilizados em rotas de longa distância para a América do Norte e Europa, estão programados para serem entregues a partir de 2014, disse a empresa em um comunicado.

A China Airlines, a maior companhia aérea de Taiwan em termos de receita, tem aprofundado os esforços para aumentar o tamanho de sua frota e migrar para jatos com motor mais eficiente em combustível, enquanto a viagem de turismo e negócios em Taiwan aumentou constantemente desde a eleição de um presidente favorável à China em 2008. As informações