28 de Agosto, 2012 - 10:15 ( Brasília )

Aviação

EADS pode oferecer caças à Suíça diante de impasse com Saab


A EADS está pronta para oferecer à Suíça 33 caças Eurofighter fabricados em 2003 a um preço de 3,2 bilhões de francos suíços (3,28 bilhões) para substituir uma frota de antigos caças Northrop F-5E/F Tiger, noticiou um jornal neste domingo.

O governo suíço decidiu em novembro passado comprar 22 JAS-39 Gripens da Saab a um custo de 3,1 bilhões de francos suíços, em detrimento das propostas da Dassault, que fabrica o Rafale, e da própria EADS, que monta o Eurofighter Typhoon.

No entanto, essa escolha levantou polêmica diante dos receios de que tecnologia ainda em desenvolvimento do Gripen possa gerar custos e comprometer cortes de orçamento em áreas como educação.

O Parlamento suíço deve votar a compra nos próximos meses, e jornal Der Sontag disse neste domingo que os aviões da EADS vêm da Força Aérea alemã e estão em excelente condição.

"A EADS está sempre pronta para fazer ofertas dentro do orçamento da Suíça", disse um porta-voz da fabricante ao jornal.