10 de Junho, 2012 - 06:42 ( Brasília )

Aviação

MAPLE FLAG – Delegação brasileira se despede do Canadá


Após duas semanas de exercício, chega ao fim a primeira participação da Força Aérea Brasileira (FAB) na Maple Flag, realizada em Cold Lake, Canadá. Foram 15 dias de muita dedição, aprendizado e conquistas. A delegação brasileira, composta por militares da Quinta Força Aérea e do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1o GTT), terminou o exercício com o sentimento de dever cumprido.

"Essa foi uma missão muito especial, em que realmente fomos testados em combate. A nossa unidade, representando toda a aviação de transporte da FAB, superou todas as expectativas. Foi um ganho operacional muito grande. Vamos levar tudo que aprendemos aqui para o Brasil", afirma o Capitão Aviador Renato Siqueira, do 1o GTT.

A rotina começava ao nascer do sol, com o planejamento do voo, e só terminava à noite, com os debriefings das missões realizadas durante o dia. No dia seguinte, mais voos. E sempre um desafio diferente, já que as ameaças do cenário de guerra se tornavam cada vez mais difíceis.

Além da barreira da língua, a tripulação brasileira teve que lidar com diversos obstáculos, operacionais e logísticos. Mas nada que desanimasse os militares da FAB. Com o passar dos dias, a interação com os outros países participantes foi crescendo e o aprendizado foi se consolidando. Toda a tripulação ressalta principalmente a hospitalidade e gentileza dos canadenses.

Nesta sexta-feira (8/6), os militares realizaram os últimos preparativos no C-130 do 1o GTT para o retorno para o Brasil. Assim como na viagem de ida, a aeronave vai fazer escala em Tampa (EUA), antes de seguir para Boa Vista (RR). De lá, a equipe brasileira decola para a Base Aérea dos Afonsos, no Rio de Janeiro.

"Conseguimos cumprir nossa missão com chave de ouro ontem (liderando a aviação de transporte). Vamos iniciar nosso retorno neste sábado, levando na bagagem um ganho operacional inestimável para o nosso esquadrão e para toda a Força Aérea Brasileira", completa o Capitão Siqueira.