01 de Junho, 2012 - 09:51 ( Brasília )

Aviação

MAPLE FLAG - Equipe de manutenção é essencial para o cumprimento da missão


Em um exercício aéreo internacional do porte da Maple Flag, realizado na base aérea canadense de Cold Lake, é essencial uma equipe de apoio muito bem preparada para manter a aeronave voando em totais condições de segurança.

Para as duas semanas de participação da Força Aérea Brasileira (FAB) no exercício, foram designados onze militares para o trabalho de manutenção do C-130 Hércules e dos equipamentos. O objetivo é ter pronta resposta em caso de problemas e a aeronave possa voltar a voar no menor tempo possível. Para isso, a equipe conta com especialistas em diversas áreas, como: motores, hélices, sistemas hidráulicos e elétricos, pneumática, eletrônica, célula, instrumentos e estrutura.

Além desses profissionais, são necessários materiais de suprimento para atender todo tipo de problema. Pensando nisso, a equipe do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1o. GTT) da FAB levou do Brasil uma grande quantidade de equipamentos de apoio em solo, como escadas e guindaste portátil, além de um motor completo e ferramentas especiais para emergências.

Apoio logístico
A equipe de manutenção também é responsável pelo apoio logístico em solo para necessidades gerais, como recebimento da aeronave no pátio, abastecimento de combustível, inspeções pré e pós voo.

Para estocar suprimento e material de apoio, a equipe utiliza um hangar reservado para a FAB. Além disso, o Brasil também dispõe de um "shelter" ou "casa de pista", que fica no pátio das aeronaves, possibilitando acesso rápido em caso de alguma emergência.

Observação e aprendizado
Para o Major Especialista em Aviões José Fernandes Filho, chefe de material do 1o. GTT, a Maple Flag é um momento para observação. "Este exercício é uma oportunidade de interação com equipes de manutenção de países muito bem equipados na nossa área. Aqui podemos absorver uma grande variedade de informações, como, por exemplo, os procedimentos de pista praticados por eles e que são diferentes dos nossos", disse.

"A percepção dos meios de manutenção e procedimentos dos outros países participantes do exercício é muito importante. Um exemplo que tivemos foi a "bolha de observação" utilizada durante os voos sobre a cabine de uma aeronave da Nova Zelândia. No Brasil, não temos esse tipo de equipamento. Vamos sair daqui já em busca de algo semelhante que se ajuste à nossa realidade", completou.

Também é trabalho da manutenção a organização e limpeza do pátio, inclusive com a retirada de objetos que podem causar danos à aeronave, são os chamados FOD (foreign objects damage).

Maple Flag
Criada em 1978, a Maple Flag é um dos maiores exercícios desse tipo no mundo e pode ser considerado o mais completo, já que as missões envolvem todos os tipos de aviação (transporte, asas rotativas, reconhecimento, caça e patrulha). Durante as missões, todos têm que agir em conjunto, unindo forças contra um agressor dotado de radares e aeronaves de interceptação de alta performance.