30 de Maio, 2012 - 09:05 ( Brasília )

Aviação

FAB - Primeira mulher piloto de KC-137 (Boeing 707) realiza voos de intrução

No último sábado (26/05), a Tenente Adriana Gonçalves tornou-se a primeira piloto militar a voar o maior avião da Força Aérea Brasileira

As mulheres da primeira turma de aviadoras da Força Aérea Brasileira seguem deixando seus nomes destacados na história da aviação. No último sábado (26/5), na Base Aérea de Canoas, no sul do país, a 1º Tenente Aviadora Adriana Gonçalves realizou a primeira instrução pilotando a aeronave KC-137 (Boeing 707). No Brasil, ela é a única mulher militar a levantar voo no comando do maior avião da Força Aérea.

“É uma grande responsabilidade e estamos sempre pensando nisso para fazer o melhor trabalho. É muita dedicação e profissionalismo”, disse a Tenente Adriana, nesta terça-feira (29/5), antes de embarcar para o seu terceiro voo pilotando o gigante que mede mais de 46 metros de comprimento e 44 de envergadura.

Para cumprir todos os tipos de missões do 2º Esquadrão do 2º Grupo de Transporte, Esquadrão Corsário, a aviadora sabe que ainda terá mais estudo e treinamento pela frente. “Estou no início da minha formação e ainda vou me aprimorar para cumprir tudo da melhor maneira.

A expectativa é realizar as missões de Reabastecimento em Voo (REVO), que serão novidade porque ainda não cumpri nos esquadrões anteriores”, explica Adriana. Na teoria, ela já está pronta: foi a primeira colocada no Curso Teórico de REVO concluído em março deste ano.

Formada na Academia da Força Aérea em 2006, a Tenente Adriana é uma das 11 mulheres integrantes da primeira turma de aviadoras da FAB. Na semana passada, também na Base Aérea de Canoas, a 1º Tenente Aviadora Joyce de Souza Conceição, outra integrante da primeira turma de aviadoras, tornou-se a primeira mulher militar apta a pilotar a aeronave C-130 Hércules.