07 de Maio, 2012 - 12:20 ( Brasília )

Aviação

EUROCOPTER - 500 EC145 Entregues

Produção do modelo segue em alta com vendas em todo o mundo

A unidade número 500 do helicóptero EC145, produzido pela Eurocopter e comercializado, no Brasil, pela Helibras, foi entregue na última sexta-feira (27), alcançando um novo marco para este modelo biturbina, que mantém sua produção elevada para atender a clientes de todo o mundo.
 
Além dessa unidade, a Pegaso Transportes Aéreos, maior operadora do golfo do México, recebeu, também, a unidade número 501 para utilizá-las no mercado de Oil&Gas. A empresa já opera outros 13 helicópteros EC145 e quatro versões BK117 (seu antecessor), devendo receber mais uma ainda este mês.
 
A entrega aconteceu na fábrica da Eurocopter de Donauwörth, Alemanha, onde o helicóptero foi construído. O EC145 número 500 chega ao cliente 10 anos após a entrega da primeira unidade, em abril de 2002. A cerimônia contou com a presença de Francisco Nicolas Gonzalez Diaz, embaixador do México na Alemanha, juntamente com representantes políticos e industriais e cerca de 600 funcionários da Eurocopter que contribuíram para execução e produção tão bem sucedida deste helicóptero.
 
"Esta entrega ressalta o sucesso global do EC145, resultado das capacidades e confiabilidade projetadas em todos os helicópteros da gama Eurocopter", disse Wolfgang Schoder, Vice-presidente de Programas Executivos da Eurocopter . "É muito apropriado que nós compartilhemos este marco com a Pegaso - um parceiro de longa data da nossa empresa, que também opera um centro de manutenção aprovado pela Eurocopter para o EC145 e EC135, no México".
 
A Eurocopter já entregou modelos EC145 para cerca de 100 clientes em 38 países, tornando-se um helicóptero de referência em bimotor de médio porte. No Brasil, existem atualmente cinco unidades em operação. “Este modelo vem despertando o interesse em todos os segmentos de mercado, pelas suas possibilidades de operação em áreas restritas, como centros urbanos, maior capacidade de transporte de cargas e passageiros, bem como uma autonomia que permite, por exemplo, uma viagem entre São Paulo e o Rio de Janeiro sem paradas para abastecimento”, analisa François Arnaud, vice-presidente Comercial e Marketing da Helibras.
 
Beneficiado por sua flexibilidade e versatilidade, esta aeronave de asa rotativa é usada em todo o mundo em uma ampla gama de missões onshore e offshore - transporte aéreo para as indústrias de petróleo e gás, serviços de emergência médica, polícia, serviços públicos e transporte VIP, além de um constante crescimento em sua implantação para a manutenção de campos de turbinas eólicas.
 
Um dos maiores operadores do EC145 é o Exército dos EUA, que já recebeu mais de 200 dos 346 helicópteros previstos para aquisição como helicóptero utilitário leve de serviço militar, chamado UH-72A Lakota. O governo francês está operando 50 unidades em missões policiais, no serviço público e na Segurança Civil.
 
 
Sobre a Helibras
 
A Helibras é a única fabricante brasileira de helicópteros. A empresa é associada ao Grupo Eurocopter, maior fornecedor mundial do setor, controlado pela EADS - European Aeronautic Defence and Space Company. Com participação superior a 50% na frota brasileira de helicópteros a turbina, a Helibras está em atividade no Brasil desde 1978 e mantém instalações em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Sua fábrica, que emprega mais de 650 profissionais e tem capacidade de produção de 36 aeronaves por ano, está localizada na cidade de Itajubá (MG), onde são produzidos diversos modelos que atendem aos segmentos civil, governamental e militar. Desde sua fundação, a Helibras já entregou mais de 600 helicópteros no Brasil, sendo 70% do modelo Esquilo. Em 2011, a empresa teve um faturamento de R$ 288 milhões. Mais informações:  www.helibras.com.br
 
 
Sobre a Eurocopter e a EADS

Fundado em 1992, o grupo franco-alemão-espanhol Eurocopter é uma divisão do Grupo EADS e emprega aproximadamente 20.000 pessoas. Em 2011, a Eurocopter confirmou sua posição de líder como fabricante mundial de helicópteros no mercado civil e governamental com um volume de negócios de 5,4 bilhões de euros, representando um crescimento de 12,5% em relação ao ano anterior e pela primeira vez ultrapassando a marca de € 5 bilhões – valor recorde até então. Foram encomendados 457 novos helicópteros e uma quota de mercado de 43% nos setores civil e parapúblico. No geral, os helicópteros do Grupo são responsáveis por 33% da frota total mundial civil e governamental. A forte presença internacional da Eurocopter é garantida por suas sudsidiárias e participações em 21 países nos cinco continentes, juntamente com uma densa rede mundial de centros de serviços, distribuidores, agentes certificados e centros de manutenção. Há atualmente 11.300 helicópteros Eurocopter em serviço através de 2.900 clientes em 149 países. A Eurocopter oferece a maior gama de helicópteros civis e militares do mundo e está totalmente comprometida com a segurança, sendo este o aspecto mais importante de seus negócios.
A EADS é líder mundial nos segmentos aeroespacial, de defesa, segurança e serviços relacionados. Em 2011, o Grupo, que inclui a Airbus, Astrium, Cassidian e Eurocopter, faturou € 49,1 bilhões e empregou aproximadamente 133 mil pessoas.
 
No Brasil, a EADS mantém investimentos há 34 anos, tendo iniciado sua presença por meio da Helibras, subsidiária local da Eurocopter. Também está presente através da EADS Brasil, da Cassidian Brasil, da Astrium Geo Information Services Brasil, do escritório de representação da Airbus Military, da Equatorial Sistemas, da qual a Astrium é acionista e de uma joint venture entre a Cassidian e a Odebrecht. Desenvolve parcerias de longo prazo com clientes como a TAM, Forças Armadas, Polícia Federal, Agência Espacial Brasileira (AEB), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e as forças policiais estaduais.