13 de Abril, 2012 - 15:20 ( Brasília )

Aviação

Morre em Acidente Aéreo José Augusto de Oliveira Botelho


Via São Carlos Agora

Um avião de pequeno porte caiu no início da tarde desta sexta-feira (13) em um canavial próximo ao aeroporto Dr. José Augusto de Oliveira Botelho no Broa.

Após queda o avião pegou fogo. Dentro da aeronave estavam o empresário e sócio da Camargo Corrêa, Fernando Arruda Botelho e o piloto Sérgio Campanhati que morreram carbonizados.

O Corpo de Bombeiros de São Carlos foi acionado e apagou as chamas. O avião agora deverá passar por uma perícia técnica para averiguar as possíveis causas do acidente.

Fernando era um dos empresários mais influentes do país. Ele era conhecido por sua paixão pela aviação. Ele era casado com Rosana Camargo de Arruda Botelho, herdeira do Grupo Camargo Corrêa e tinha três filhos.

Via CAVOK

Um acidente aéreo ocorrido na tarde dessa sexta-feira, dia 13 de abril, causou a morte do empresário e apaixonado por aviação Fernando Arruda Botelho, de 63 anos. O empresário estava a bordo de uma de suas aeronaves, um T-28 Trojan da Segunda Guerra Mundial, quando ao sair de uma manobra acrobática acabou colidindo com o solo. A aeronave explodiu, matando Botelho e seu amigo Robadino, que era o piloto particular de Fernando na aeronave Falcon 900.

O acidente ocorreu por volta das 13:30hs na sede do Instituto Arruda Botelho, uma organização sem fins lucrativos dedicada à aviação cultural e histórica e à preservação de animais, em Itirapina, interior de São Paulo, onde ocorre o tradicional evento Broa Fly-in.

O empresário Fernando Arruda Botelho, um dos diretores da Construtora Camargo Correa, sempre foi um apaixonado por aviação e trouxe para o Brasil diversas aeronaves históricas e antigas, como o T-28 em que sofreu o acidente, quando trouxe o avião dos EUA em fevereiro de 2011.