12 de Abril, 2012 - 18:50 ( Brasília )

Aviação

EMBRAER - Paulo Penido deixa diretoria financeira


DefesaNet - Veja Nota divulgada pela Embraer em 13 de Julho de 2011 Link

SÃO PAULO, 12 Abr (Reuters) - A Embraer sofreu a segunda baixa em menos de um ano e meio em sua diretoria financeira, com o anúncio nesta quinta-feira de que Paulo Penido renunciou ao cargo na terceira maior fabricante mundial de aviões comerciais.

Penido havia assumido também o comando da área de Relações com Investidores da Embraer em julho do ano passado, depois de ter ocupado por anos função similar na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

Do dia em que foi nomeado até o último pregão na bolsa paulista antes do anúncio de sua saída, as ações da Embraer acumularam valorização de quase 40 por cento, contra alta de apenas quase 3 por cento do Ibovespa nesse mesmo intervalo.

Nesta quinta, pouco depois do meio-dia, a ação da Embraer exibia valorização de 0,57 por cento, a 15,92 reais, enquanto o Ibovespa avançava 1,8 por cento.

Antes de Penido, a diretoria financeira da fabricante de jatos era ocupada por Cynthia Marcondes Benedetto, que havia sido eleita pelo Conselho de Administração para o cargo a partir de 1o de janeiro de 2011.

A Embraer disse que o processo de identificação do executivo que ocupará o comando da área de Finanças está "em avançado estágio", sem dar outros detalhes.

De acordo com a Embraer, o presidente-executivo da companhia, Frederico Curado, vai assumir interinamente a função de diretor financeiro e de Relações com Investidores.

Curado acumulará as funções a partir de 14 de abril, um dia após Penido deixar a Embraer para "assumir novo desafio profissional", segundo comunicado ao mercado.

Penido foi indicado para ser membro do Conselho de Administração da Usiminas pelo grupo de controle da siderúrgica mineira, com data de posse prevista para 25 de abril.