16 de Março, 2012 - 09:05 ( Brasília )

Aviação

Acidente de helicóptero em Cabul mata 12 soldados turcos

A tragédia representa o maior número de mortes de soldados do país em um único incidente no Afeganistão

Doze soldados turcos morreram nesta sexta-feira na queda de um helicóptero que integrava a força da Otan no subúrbio da capital afegã, Cabul, confirmou o Exército da Turquia.

Um comunicado do Exército informa que a aeronave era do modelo Sikorsky.

A tragédia representa o maior número de mortes de soldados do país em um único incidente no Afeganistão.

"A causa do incidente será determinada depois de uma investigação", destaca o texto.

A Turquia, único membro da Otan que tem população majoritariamente muçulmana, mantém atualmente 1.800 soldados no Afeganistão, mobilizados em Cabul, na província de Wardak e na região norte. Eles não participam nos combates mas integram missões de vigilância.

Ancara prolongou, em outubro, por mais 12 meses a missão regional de Cabul na Isaf, a força da Otan no Afeganistão.

Em 2009, dois militares turcos da Isaf morreram em um acidente rodoviário no Afeganistão.

A Turquia se recusa a combater os insurgentes islamitas no Afeganistão para não chocar os simpatizantes muçulmanos em um país com o qual mantém vínculos históricos estreitos. Ancara privilegia a formação, ajuda à reconstrução e ajuda de saúde.