27 de Fevereiro, 2012 - 10:17 ( Brasília )

Aviação

EMBRAER - ESTONIAN AIR Operará Frota Exclusiva de E-JETS


Villepinte, França, 27 de fevereiro de 2012 – A Estonian Air selecionou a família de E-Jets da Embraer para renovar toda a sua frota de jatos regionais e narrow-body. A companhia aérea estatal da Estônia e a Embraer assinaram um contrato para a compra de três E175 e um E190. A Estonian Air também contratou outras oito aeronaves, quatro E170 e quatro E190, por meio de acordos de leasing com outras empresas. O negócio com a Embraer depende de aprovação do Conselho Supervisor da Estonian Air.

O primeiro dos quatro E170 arrendados da Finnair está entrando em operação este mês e o início das entregas das novas aeronaves está previsto para o segundo semestre de 2014.

“Continuamos acreditando no grande potencial das empresas que operam na Europa, com a substituição de aeronaves mais antigas e a adesão ao conceito do redimensionamento da frota”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, Presidente da Embraer, Aviação Comercial. “A Estonian Air será a primeira companhia aérea da região do Mar Báltico a implementar a filosofia dos E-Jets. Ela se beneficiará rapidamente da economia e flexibilidade que esta família de aeronaves proporciona. Além disso, tenho certeza que os passageiros ficarão muito bem impressionados com o conforto dos E-Jets.”

Assim como a LOT Polish Airlines, da Polônia, e a Republic Airways, dos EUA, A Estonian Air operará três dos quatro modelos da família de E-Jets. A empresa analisou sua frota e optou por substituir os dois tipos diferentes de jatos que opera atualmente por uma plataforma comum, que permitisse configurações com número de assentos variados.

Todos os E-Jets da Estonian Air serão configurados em classe única, com 76 assentos para os E170, 88 para os E175 e 112 para os E190. Devido à qualificação da tripulação ser a mesma para todos os modelos de E-Jets e a comunalidade de peças ser próxima a 100%, a empresa reduzirá consideravelmente seus custos com manutenção e treinamento da tripulação. A aquisição das aeronaves também possibilitará à empresa adequar a oferta de assentos às variações de demanda do mercado e reforçar sua presença com dois vôos diários entre Tallinn, a capital do país, e a maioria das principais cidades européias.

“Escolhemos os E-Jets da Embraer para substituir nossa atual frota de B737 e CRJ porque o conceito desta família de aeronaves oferece a flexibilidade de capacidade que necessitamos para sustentar imediatamente nossa expansão e modernização da frota. Estes jatos proporcionarão uma experiência de vôo que manterá a nossa competitividade e nos permitirá expandir para novos mercados com um risco menor do que se utilizássemos jatos maiores”, disse Tero Taskila, Presidente da Estonian Air. “Estamos acompanhando com muito interesse a análise que a Embraer realiza para lançar uma segunda geração de E-Jets, com novos motores, que provavelmente entrará em serviço por volta de 2018. Tenho muita satisfação am saber que a Embraer considera nossas necessidades e comentários no projeto do novos E-Jets, apesar de sermos uma companhia aérea pequena. A Estonian Air faz questão de estar sempre na vanguarda tecnológica e estes novos aviões da Embraer com certeza serão uma ótima forma de garantir que continuaremos oferecendo os jatos mais modernos aos nossos passageiros.”

A Estonian Air se junta a uma crescente lista de cliente no norte e leste europeu que identificaram os E-Jets como a plataforma ideal para substituir suas aeronaves mais antigas e otimizar suas frotas. Nove companhias aéreas – Bulgaria Air, LOT Polish Airlines, Finnair, Air Moldova, Montenegro Airlines, Belavia, Dniproavia, Aerosvit e Air Astana – encomendaram ou já estão operando os E-Jets da Embraer.

Sobre a Estonian Air
A Estonian Air é a companhia aérea estatal da Estonia e foi fundada em dezembro de 1991. Com sede no aeroporto de Tallinn, capital do país, a empresa é controlada pelo governo estoniano e o Grupo SAS. Sua frota inclui um Boeing 737-300, três CRJ900 NextGen e dois Saab 340. O foco da Estonian Air é melhorar as conexões entre a Estônia e o resto do mundo para aumentar sua competitividade com um centro de operações. Para mais informações, visite www.estonian-air.com.

Sobre a família de E-Jets

A família de E-Jets da Embraer é composta por quatro jatos comerciais com capacidade de 70 a 122 assentos, fruto de um projeto de engenharia avançado que apresenta desempenho eficiente, grande economia operacional, baixo nível de emissão de poluentes e uma ampla cabine de passageiros sem os indesejados assentos do meio.

Os E-Jets têm velocidade de cruzeiro máxima de Mach 0,82, voam a uma altitude de até 12.500 metros (41.000 pés) e possuem alcance de 4.450 km (2.400 milhas náuticas). O alto grau de comunalidade entre as quatro aeronaves – EMBRAER 170, EMBRAER 175, EMBRAER 190 e EMBRAER 195 – resulta em excepcional redução nos custos de treinamento da tripulação, manutenção e peças de reposição para os operadores. Outro destaque é a moderna tecnologia fly-by-wire, que aumenta a segurança operacional e reduz a carga de trabalho dos pilotos e o consumo de combustível.

O projeto da fuselagem em dupla-bolha oferece conforto superior e inclui duas entradas principais para passageiros e duas portas de serviço que minimizam o tempo de permanência no solo. Os E-Jets oferecem muito mais espaço ao passageiro, tanto na configuração com uma como na com duas classes, que qualquer outra aeronave de tamanho equivalente. Para mais detalhes, visite www.EmbraerCommercialJets.com.br.

Com grande aceitação, mais de 1.050 pedidos firmes de 60 companhias em 40 países já foram recebidos. A frota, que supera os 800 jatos em operação, acumulou 7 milhões de horas de vôo e transportou 330 milhões de passageiros em todo o mundo. Trata-se de uma comprovada família de jatos que tem auxiliado companhias aéreas a ajustar capacidade à demanda em rotas operadas por aeronaves narrow-body com baixa taxa de ocupação, substituir aeronaves antigas e ineficientes e desenvolver novos mercados com menores custos, maior eficiência e alto nível de conforto para o passageiro. Para melhor avaliação dos benefícios gerados por essas aeronaves ao substituir jatos mais antigos, visite www.eforefficiency.com.