12 de Janeiro, 2012 - 09:58 ( Brasília )

Aviação

EUA enviarão 12 novos aviões de combate à Coreia do Sul


A Força Aérea dos EUA enviará na próxima semana 12 aviões de combate F-16CM e 240 pilotos à Coreia do Sul para a defesa de seu aliado asiático, informou nesta quinta-feira a agência local Yonhap.

O esquadrão chegará ao país no domingo na base aérea americana de Gunsan, a 274 km ao sul de Seul, onde permanecerá durante três meses para manter a estabilidade na região, comunicou à Yonhap a 7ª Força Aérea dos EUA.

Em novembro, os EUA desdobraram em Gunsan outro esquadrão composto de 12 aviões F-16CS e 200 pilotos.

O tenente-general Jan-Marc Jouas, comandante da 7ª Força Aérea, declarou em comunicado que com os desdobramentos os EUA reafirmam seu compromisso "de oferecer poder e capacidade adequada de combate aéreo na defesa da República de Coreia".

As autoridades americanas mantêm 28,5 mil soldados na Coreia do Sul para defender o país no caso de uma hipotética agressão da Coreia do Norte.

Seul e Washington intensificaram seu alerta militar diante do risco de que as possíveis instabilidades derivadas da sucessão na Coreia do Norte possam desembocar em provocações militares do regime norte-coreano ao vizinho do Sul.

O Tratado de Defesa Mútua assinado pela Coreia do Sul e os EUA ao término da Guerra da Coreia em 1953 estabelece um sistema de defesa combinada e compromete que Washington defenda seu aliado diante de eventuais ameaças da Coreia do Norte.