09 de Dezembro, 2011 - 15:39 ( Brasília )

Aviação

EUA insatisfeitos com resposta da UE a requerimentos da OMC por Airbus


WASHINGTON, EUA, 9 dez 2011 (AFP) -Os Estados Unidos disseram nesta sexta-feira que a União Europeia não cumpriu a totalidade dos requerimentos da Organização Mundial de Comércio (OMC) com relação aos subsídios ao construtor aeronáutico europeu Airbus, e que inclusive teria lhe concedido mais ajudas.

O representante americano do Comércio, Ron Kirk, anunciou em um comunicado que seu país voltará a emitir o caso à OMC para sua consulta, afirmando que a UE havia "acordado novas subvenções para o desenvolvimento do Airbus".

O governo de Obama afirmou que, após revisar as afirmações da UE de que havia cumprido com a decisão da OMC, os dados parecem apontar para o fato de "que a UE não retirou os subsídios em questão e que, na verdade, concedeu novas ajudas ao desenvolvimento e à produção de grandes aviões civis".

Washington também está pedindo que a OMC imponha sanções anuais em resposta, cujo montante flutuaria em cada período, disse o governo, citando um valor entre 7 e 10 bilhões de dólares.

hh/mj/an/pz/ma