08 de Novembro, 2011 - 09:28 ( Brasília )

Aviação

Aviões que serviram sete presidentes brasileiros se aposentam

Aviões ficaram 34 anos em uso

Os aviões presidenciais VC-96 (Boeing 737) estão oficialmente aposentados. As aeronaves serviram o País durante 34 anos e, nesta sexta-feira, uma delas fez seu último voo de Brasília para o Museu Aeroespacial (Musal) da Força Aérea Brasileira (FAB) no Rio de Janeiro.

Com matrículas 2115 e 2116, as aeronaves foram adquiridas pela FAB em 1976 e ficaram a serviço de sete presidentes: Ernesto Geisel, João Figueiredo, José Sarney, Fernando Collor, Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. Ambas foram desativadas em 16 de abril do ano passado, totalizando 50 mil horas de voo.

Os VC-96 ficaram conhecidos como "sucatinha", pois foram comprados para substituição do VC-92, o primeiro jato do Grupo de Transporte Especial (Gate) conhecido como "sucatão". De acordo com a assessoria de imprensa da FAB, as aeronaves foram substituídas meramente devido à idade, mas se encontram em excelentes condições.

Durante esses anos, os aviões passaram por processos de modernização, como a instalação dos equipamentos FMS (sistema de gerenciamento de navegação) e TCAS (sistema anti-colisão). Em 1989, quando toda a parte interna foi reconfigurada.

Uma das missões mais lembradas do Boeing 767 foi o transporte do Papa João Paulo II em julho de 1980. O VC-96 prefixo 2116 percorreu 11 Estados brasileiros levando o pontífice. Dezesseis anos depois, durante uma viagem para Londrina (PR), o presidente Fernando Henrique Cardoso derramou café em sua calça. Para cumprir os compromissos, ele trocou de calça com um comissário de bordo do voo e essa calça se encontra atualmente no salão histórico do GTE.

Em 2003, um VC-96 transportou o presidente Lula ao Oriente Médio e Norte da África, passando pelas Ilhas Canárias, Espanha, Marrocos, Líbia, Egito, Emirados Arábes, Síria, Líbano e Tunísia. Em maio de 2005, o VC-96 realizou sua missão mais longa missão, o transporte de Lula ao Japão. Nessa missão, foram voadas 54 horas.

O VC-96 tem 30,48 m de comprimento, 28,35 m de envergadura, 11,28 m de altura e atinge a velocidade máxima de 747 km/h. Ele ficará exposto a partir desta terça-feira no Musal localizado em Campo dos Afonsos (RJ).