24 de Julho, 2019 - 10:25 ( Brasília )

Aviação

Quatro fabricantes concorrem por contrato de aviões para Canadá


O Canadá informou, nesta terça-feira, que vai receber propostas de quatro fabricantes de defesa globais - Airbus, Boeing, Lockheed Martin e SAAB - para substituir 88 aviões de combate que estão defazados.

O contrato tem valor mínimo de US$ 11,4 bilhões.

Após 18 meses de consultas com a indústria, "a encomenda formal de propostas foi enviada agora aos provedores aptos", disse o governo em um comunicado.

Ao chegar ao poder em 2015, o governo do primeiro-ministro Justin Trudeau cancelou uma encomenda de caças F-35 da Lockheed Martin que substituiriam sua frota mais antiga de CF-18 Hornets.

As empresas têm até a primavera (boreal) de 2020 para apresentar propostas iniciais com previsão de entrega para 2025. <script src="//s.dynad.net/stack/FcQVaHc6MaOcDzQjhAV0q78AMg75kNqHmVHSvf95ffqIXpBr_a_IcwHLcQMTBDGewfxoQXBulUZbsXy3Fo9ZHg.js" type="text/javascript" async="true"></script>

"Este é o investimento na Real Força Aérea Canadense mais significativo em 30 anos", disse o comunicado.

- LOCKHEED MARTIN

- SAAB AB

- BOEING

- AIRBUS GROUP

- DASSAULT AVIATION

- ANZ - AUSTRALIA & NEW ZEALAND BANKING GROUP

- BAE SYSTEMS