22 de Março, 2019 - 11:30 ( Brasília )

Aviação

Bristish Airways apresenta aeronave com o design Negus, última pintura comemorativa de seu centenário


A quarta e última aeronave da British Airways com pintura comemorativa do centenário da companhia aterrissou no Aeroporto de Heathrow nesta quinta (21). O Boeing 747 adorna o design Negus, que estava originalmente na frota da British Airways de 1974-1980.

A chegada da aeronave completa algumas semanas nostálgicas para a comunidade de aviação. Entusiastas de todo o mundo puderam contemplar um Boeing 747 com pintura da British Overseas Airways Corporation (BOAC), um Airbus 319 da British European Airways (BEA) e um 747 da British Airways Landor, que voaram coletivamente para mais de 30 destinos em todo o Reino Unido, Europa, África, Oriente Médio e América do Norte.

A série especial de pinturas retrô foi introduzida para marcar o centenário da British Airways, já que a companhia aérea celebra seu passado enquanto olha para o futuro. Juntamente com as pinturas históricas, todas as novas aeronaves que entrarem na frota, incluindo o A350, continuarão recebendo o projeto de Chatham Dockyard atual.

O 747-400, com pintura Negus, registro G-CIVB entrou garagem de pintura do IAC no Aeroporto de Dublin no início deste mês, onde foi pintado com a primeira versão do padrão Negus que adornou a frota da British Airways de 1974 a 1980, logo após a fusão da BOAC e da BEA e a formação da companhia aérea que os clientes conhecem hoje.

A aeronave seguirá para a Cidade do Cabo ainda hoje para seu primeiro vôo comercial em seu design retrô. “A reintrodução de quatro projetos históricos na nossa frota tem sido um momento incrivelmente nostálgico para nós e nossos clientes, estamos impressionados com o quão popular eles têm sido.



Em nosso ano centenário é importante celebrar nosso passado e também temos grandes planos para olhar para o futuro. Estou animado com o que o resto deste ano tem reservado”, afirma Alex Cruz, Presidente e CEO da British Airways. Quando voou inicialmente, o design Negus foi o primeiro a levar "British Airways" desde 1939, quando o original British Airways Limited se uniu à Imperial Airways para formar o BOAC.

Curiosamente, a bandeira da União não está presente no lado da aeronave uma vez que, assim como a pintura final da aeronave BEA, a bandeira começou a ser totalmente homenageada no tailfin dos aviões.

Em seu ano centenário, a British Airways oferece uma série de atividades e eventos. A companhia aérea hospeda o BA 2119 - um programa que vai liderar o debate sobre o futuro dos voos e explorar o futuro dos combustíveis de aviação sustentáveis, as carreiras de aviação do futuro e a experiência do cliente no futuro.

A companhia aérea estará trabalhando com parceiros especializados para identificar 100 britânicos modernos da BA: as pessoas em todo o país que atualmente estão moldando a Grã-Bretanha moderna e, claro, o ano não seria completo sem criar alguns momentos especiais para os clientes - dentro e fora de circulação.

A atividade do centenário está ocorrendo ao lado do atual plano de investimento de melhorias para os clientes, de £ 6,5 bilhões em cinco anos. Isso inclui a instalação da melhor qualidade de WiFi e energia em todos os assentos, com 128 aeronaves de longa distância com novos interiores e recebendo 72 novas aeronaves.

No início da semana, a companhia aérea também revelou seu novo assento altamente esperado para a classe executiva - 'Club Suite' - e confirmou que chegará ao primeiro de sua aeronave A350 em julho.



ÚLTIMAS

Aviação

MAIS LIDAS