29 de Setembro, 2011 - 12:44 ( Brasília )

Aviação

AIRBUS na América Latina

Com mais de 600 aeronaves vendidas e uma carteira de pedidos de mais de 250 aeronaves para serem entregues, hoje, quase 400 aeronaves Airbus estão em operação na América Latina e no Caribe.



Com mais de 600 aeronaves vendidas e uma carteira de pedidos de mais de 250 aeronaves para serem entregues, hoje, quase 400 aeronaves Airbus estão em operação na América Latina e no Caribe. Nos últimos 10 anos, a Airbus triplicou sua frota em operação, entregando mais de 60% de todas as aeronaves em serviço na região.

A Airbus expandiu sua presença na América Latina em 1998, quando TAM, LAN e TACA fizeram um pedido conjunto de um total de 90 aeronaves de corredor único, com opção para mais 90. Esse foi o maior contrato já assinado na história da aviação comercial da América Latina. Desde então, as três companhias aéreas combinadas já encomendaram quase 350 aeronaves da família A320, considerada benchmarkentre as aeronaves de corredor único.

Para garantir uma presença ainda maior e mais proximidade com seus clientes latino-americanos e caribenhos, a Airbus estabeleceu escritórios em Miami, na Flórida, EUA. Além disso, a Airbus possui 10 escritórios de Atendimento ao Cliente na América Latina, fornecendo suporte imediato a todos os seus operadores.

Parcerias com companhias aéreas latino-americanas

Em 1998, a brasileira TAM começou a operar o primeiro de seus A330-200 e agora opera cerca de 147 aeronaves Airbus, a maior frota da Airbus na região (125 A320, 20 A330 e dois A340). Satisfeita com a excelente qualidade das aeronaves e do suporte ao cliente da Airbus, a TAM tem acrescentado cada vez mais aeronaves Airbus à sua frota, fazendo da Airbus sua principal fornecedora de aeronaves para a companhia aérea de bandeira brasileira. Em julho de 2010, a TAM fortaleceu sua parceria com a Airbus ao assinar um pedido de compra de 20 novas aeronaves A320, cinco A350 XWB, como parte de seu programa de renovação de frota, alcançando o número total de pedidos dos A350XWB para 27 de um total de 176 pedidos à Airbus e solidificando a posição da TAM como o maior cliente da Airbus no hemisfério sul. Hoje, a TAM dispõe de uma reserva de cerca de 80 aeronaves Airbus.

A LAN Airlines passou a fazer parte do grupo de clientes latino-americanos da Airbus em 1998, como uma das companhias aéreas que assinaram o pedido conjunto de 90 aeronaves (LAN, TAM, TACA), e, alguns meses depois, fez um novo pedido de quatro A340-300. Em 2009, a LAN fez um pedido de mais 30 aeronaves da Família A320. Em 2010, a empresa adicionou mais 50 aeronaves A320 à sua frota. Atualmente, a companhia aérea opera 74 aviões Airbus em quatro países e já encomendou um total de mais de 170 aeronaves. Hoje, a LAN conta com cerca de 100 aeronaves Airbus de reserva.

A recente fusão AviancaTaca, que inclui a AeroGal, do Equador, baseou a modernização de sua frota e programas de expansão na família de aviões Airbus A320. Em janeiro de 2011, a companhia aérea recebeu seu 62º avião da família A320 e se equiparou à Air France e à British Airways como uma das únicas três companhias aéreas a operar a família A320 completa (A318, A319, A320 e A321). Com encomendas combinadas de 135 aeronaves, a AviancaTaca opera um total de 88 aviões da Airbus, incluindo 81 modelos da família A320 e 7 A330. Hoje, a AviancaTaca possui mais de 40 aeronaves da Airbus. Além disso, a Synergy, a maior acionista da AviancaTaca, também pediu 10 aeronaves do modelo A350 XWB de corredor largo.

Com a Interjet e a Volaris, a Airbus ganhou dois grandes clientes no México. A Volaris, que opera uma frota composta apenas por aeronaves Airbus, já encomendou um total de 30 aeronaves Airbus e opera 32 (incluindo oito A320 e 24 A319). A Interjet se tornou cliente da Airbus em 2005, quando fez a encomenda de um total de 20 aeronaves A320. Atualmente, opera 31 aviões A320. Finalmente, a empresa mexicana de cargas, Aero Union, opera quatro aeronaves de carga A300.

A Airbus deu as boas vindas a duas novas operadoras em 2010. A Avianca Brasil opera atualmente oito aeronaves da família A320 e a Sky Airline, segunda maior companhia aérea do Chile em transporte de passageiros, postal e de cargas opera quatro A320-200.

A Aerolíneas Argentinas iniciou sua relação com a Airbus em 1994, com a operação de seu primeiro A310. A companhia aérea agora opera sete A340.

No Caribe, a Surinam Airways opera um A340.

A Airbus também está presente no Equador com a TAME (três A320 e um A319), na Venezuela, com a Conviasa (um A340), e nos governos da Venezuela e do Brasil, cada um com um jato Corporativo da Airbus, baseado no A319.

 
Frota da Airbus na América Latina em agosto de 2011 (em serviço)
 


No.

Operador

A318

A319

A320

A321

A330

A340

A300

A310

Total

1

Aerolíneas Argentinas

 

 

 

 

 

7

 

 

7

2

Aero Unión

 

 

 

 

 

 

4

 

4

3

AviancaTaca (including AeroGal)

10

25

41

5

7

 

 

 

88

4

Avianca Brasil
(formerly OceanAir)

5

3

 

 

 

 

 

 

8

5

Brazilian Air Force

 

1

 

 

 

 

 

 

1

6

Conviasa

 

 

 

 

 

1

 

 

1

7

Interjet

 

 

31

 

 

 

 

 

31

8

LAN Airlines

10

22

37

 

 

5

 

 

74

9

Sky Airline

 

 

4

 

 

 

 

 

4

10

Surinam Airways

 

 

 

 

 

1

 

 

1

11

TAM

 

29

87

9

20

2

 

 

147

12

TAME

 

1

3

 

 

 

 

 

4

13

Venezuelan Air Force

 

1

 

 

 

 

 

 

1

14

Volaris

 

24

8

 

 

 

 

 

32

15

White Jets

 

 

1

 

 

 

 

1

2

 

Total

25

106

212

14

27

16

4

1

405