27 de Setembro, 2011 - 15:58 ( Brasília )

Aviação

Boeing 787 deve atingir equilíbrio de caixa nesta década


A Boeing espera alcançar "equilíbrio de caixa" para o modelo 787 Dreamliner nesta década, afirmou nesta segunda-feira o presidente-executivo e presidente do Conselho de Administração, Jim McNerney.

"Da maneira que esses aviões são contabilizados, seremos lucrativos desde o primeiro dia", McNerney disse a repórteres, referindos-se ao sistema de contabilidade do programa da Boeing, que diluiu os custos por vários anos.Mas ainda levará alguns anos antes que o programa torne o caixa positivo, ele explicou.

"Nós temos um método de contabilidade que iguala custo e receita e o equilíbrio de caixa vai acontecer daqui a alguns anos, mas não tão tarde como você acabou de mencionar", disse ele, após ser questionado se o 787 ainda iria consumir caixa até os anos 2020. Perguntado se o ponto de equilíbrio de caixa vai acontecer ainda nesta década, ele disse "ah, sim".

A Boeing normalmente fala sobre o caixa em uma base de custo unitário, medindo se entra ou sai mais caixa para cada unidade entregue, disse um porta-voz da Boeing por e-mail. McNerney estava falando sobre o ponto de equilíbrio de caixa nesta base de custo unitário, ao invés de uma base cumulativa, acrescentou.McNerney disse que a Boeing está confiante em sua habilidade de impulsionar sua produção dos atuais dois por mês para dez por mês até o final de 2013.