20 de Março, 2018 - 10:10 ( Brasília )

Aviação

NuCGTEC desenvolve software para aferir serviços de Telecomunicações

A ferramenta emitirá relatórios gráficos detalhados de desempenho em relação aos requisitos estabelecidos em contrato

NuCGTEC - PAME-RJ
por Tenente João Elias - Maj Alle

O Núcleo do Centro de Gerenciamento Técnico (NuCGTEC) do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) desenvolveu, em software livre, ou seja, sem custos para a Força Aérea Brasileira (FAB), uma ferramenta capaz de medir os requisitos contratados dos serviços de telecomunicações aplicados no SISCEAB. O NuCGTEC, atualmente subordinado ao Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica do Rio de Janeiro (PAME-RJ), seguiu orientações do Subdepartamento Técnico (SDTE) do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

O SDTE e o NuCGTEC iniciaram o processo de desenvolvimento desse software para a monitoração e auditoria automática desses serviços. O processo consistiu em duas tarefas principais: o SDTE ficou encarregado pela adequação das especificações técnicas dos contratos em questão, a fim de estabelecer métricas bem definidas que permitam mensurar de forma prática e objetiva o Service Level Agreement (SLA) ou Acordo de Nível de Serviço contratado; e o NuCGTEC ficou responsável pelo desenvolvimento da ferramenta com a capacidade de medir, de forma automática, as métricas estabelecidas em cada contrato.

Esta ferramenta foi desenvolvida pelos militares do NuCGTEC, Capitão Marcelo Ricardo Barbosa Viana, Sargento Robson Maçana da Silva e Sargento Guilherme Fonseca da Silva, a partir do software ZABBIX, que centraliza o gerenciamento dos equipamentos e sistemas do SISCEAB.



"O software servirá como suporte eficiente e eficaz, não só ao PAME-RJ, como também às Organizações Militares subordinadas ao DECEA, na fiscalização dos contratos em vigência. Além disso, sua utilização trará uma diminuição do número de fiscais, um aumento na confiabilidade, redução de custo e melhor eficiência do uso dos links de telecomunicações que atendem ao Controle e Defesa do Espaço Aéreo Brasileiro", explicou o Capitão Ricardo Viana.

Inicialmente, será empregado para monitorar, em tempo real, os enlaces da rede MPLS (Multiprotocol Label Switching - Comutação de Rótulos Multiprotocolos) e, futuramente, os enlaces que atendem a Rede ATN, arquitetura de sistemas de comunicação desenvolvida pela Organização de Aviação Civil Internacional (OACI), que tem o objetivo de oferecer maior capacidade para satisfazer às necessidades de comunicações do setor aéreo.

A ferramenta já disponibilizada nas páginas intraer do PAME-RJ e NuCGTEC, para os usuários dos serviços de MPLS, propiciará uma gerência central da rede, bem como uma radiografia instantânea do SLA dos canais utilizados pelas Organizações Militares.