18 de Novembro, 2017 - 08:00 ( Brasília )

Aviação

Marinha americana se desculpa após piloto desenhar pênis no céu


A Marinha dos Estados Unidos qualificou nesta sexta-feira (17) de "inaceitável" o humor infantil de um de seus pilotos, que desenhou um pênis gigante no céu, usando o rastro de condensação deixadas por sua aeronave.

Os moradores de Okanogan observaram, assustados, na quinta-feira quando um dos aviões de combate da base da área vizinha começou a executar uma trajetória inusitada, percorrendo o céu límpido dessa pequena cidade de 2.500 habitantes no estado de Washington, na costa oeste dos Estados Unidos.

Uma mãe se queixou diante de câmeras do canal de televisão local KREM 2, que, por sua vez, solicitou explicações das autoridades militares.

Essa manobra não "é válida como treinamento", afirmou a força aérea americana em comunicado, advertindo que "a tripulação deverá dar explicações" pelo "ato de irresponsabilidade e imaturidade".

"As Forças Armadas esperam de suas equipes um comportamento de alto nível e consideramos que isso é absolutamente inaceitável".

"Todo mundo ficou em choque", contou James Farmer, um cidadão de Okanogan, entrevistado pela revista Vice News.

A foto do ocorrido logo ficou famosa nas redes sociais e atraiu a atenção da mídia em um momento em que os Estados Unidos vivem ema avalanche de revelações sobre assédio e abuso sexual, após explodir o caso Weinstein.