13 de Setembro, 2011 - 10:45 ( Brasília )

Aviação

Rússia vai proibir uso de aviões antigos em voos fretados

Medida tem como causa a tragédia do Yak-42 que matou toda a equipe de hóquei do Lokomotiv

A próxima reunião da comissão da Rossaviatsia, órgão federal de aviação civil da Rússia, marcada para acontecer em 15 de setembro, a fim de emitir licenças para voos fretados de inverno na Rússia, não permitirá o uso de antigos aviões soviéticos pelas empresas licenciadas. A notícia foi divulgada nesta segunda-feira, 12, pelo Ministério dos Transportes da Rússia através do jornal “Kommersant”.

Segundo a nota, as empresas que mais sofrerão com a nova medida são Tatarstan, Kogalymavia, Gazpromavia, Yamal e outras transportadoras que fazem uso de equipamento como os Yak-40 e 42, Tu-134 e 154 e An-24 e 26.

A iniciativa do Ministério veio logo em seguida à recente decisão do Presidente Dmitri Medvedev de diminuir drasticamente o número de empresas aéreas do país. Uma resposta à queda do avião Yak-42 da empresa Yak-service que no em 7 de setembro vitimou toda a equipe de hóquei de gelo do Lokomotiv de Yaroslavl.

Ainda segundo informações reveladas pelo “Kommersant”, o governo russo também deu início ao desenvolvimento de um sistema de subsídios de voos comerciais entre as grandes cidades do país. Os subsídios serão concedidos somente às grandes empresas do setor, como a Aeroflot e a Transaero, criando ainda mais dificuldade às empresas de pequeno porte.