24 de Outubro, 2017 - 10:30 ( Brasília )

Aviação

Cerimônia militar conta com a presença do Presidente da República e Ministros

Cerimônia militar comemora data máxima da FAB

Tenente Aline Fuzisaki


Uma cerimônia militar realizada na Ala 1, em Brasília (DF), na manhã desta segunda-feira, 23/10, marcou as comemorações do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira (FAB).

O evento foi presidido pelo Presidente da República, Michel Temer, que foi recebido pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato. Também estiverem presentes o Ministro da Defesa, Raul Jungmann; o Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General de Exército Sergio Westphalen Etchegoyen; o Comandante da Marinha do Brasil, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, e o Comandante do Exército Brasileiro, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas.

 

Acompanharam a cerimônia o Chefe de Assuntos Estratégicos do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar Alvani Adão da Silva; o Comandante-Geral do Pessoal da Aeronáutica Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, e demais Oficiais-Generais das três Forças Armadas, além de outras autoridades como Ministros de Estado, parlamentares e adidos militares.

Em seu discurso, o Presidente da República, Michel Temer, saudou os aviadores e militares da FAB. “No dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, rendemos homenagem ao grande brasileiro que foi Santos-Dumont e prestamos também justos tributos aos homens e mulheres que garantem a vigilância de nossos ares.

Nossos aviadores defendem o espaço aéreo de 22 milhões de km2. Tendo entre seus pilares a disciplina e a hierarquia, nossa Força Aérea tem cumprido sua tarefa constitucional com profissionalismo e desvelo. Aos nossos aviadores, a nossa Força Aérea, transmito os comprimentos de uma Nação agradecida.

Que sigam sendo exemplo de abnegação e honradez no cumprimento de sua missão”, afirmou. O evento foi marcado pela entrega da Ordem do Mérito Aeronáutico (OMA), a maior condecoração da FAB, a 196 agraciados civis e militares. Também foram homenageadas cinco organizações militares e instituições civis.

 

A Ordem do Mérito Aeronáutico é concedida pela Força Aérea Brasileira a personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que tenham se destacado no exercício da sua profissão ou em reconhecimento aos serviços prestados ao País.

“É uma grande satisfação poder receber essa medalha da Aeronáutica, que é uma Força Aérea tão importante para o desenvolvimento do País e para a integração nacional”, afirmou o Almirante de Esquadra Leonardo Puntel, condecorado com a OMA no grau de Grande-Oficial.

Condecorado com a OMA no grau de Comendador, o Ministro Carlos Alberto Franco França, do Ministério das Relações Exteriores, sentiu-se honrado com a homenagem. “Para um Diplomata de carreira como eu, é uma honra muito grande, porque, tanto o Itamaraty, quanto as Forças Armadas, como instituições de Estado, desempenham funções que são muito necessárias à manutenção da nossa soberania nacional”, avaliou.

Para o Coronel Aviador Edson Fernando da Costa Guimarães, condecorado com o grau de Oficial, a OMA é um reconhecimento à dedicação e ao trabalho. “São quase 35 anos de serviços prestados à Força Aérea Brasileira. Então, é uma homenagem muito importante não só pra mim, mas para todos os companheiros que estão aqui”.

 

O Prefeito de Chapecó (SC), Luciano José Buligon, que recebeu a homenagem no grau de Cavaleiro, também falou sobre a importância do reconhecimento. “A Força Aérea, nos momentos mais difíceis do Brasil, sempre estendeu suas asas.

Eu recebo essa condecoração em nome de todos os habitantes de Chapecó, que começou a ser reconstruída pela força, pela solidariedade e pelo carinho da Força Aérea Brasileira”. Ao final da cerimônia, a Guarda de Honra formada pela Banda de Música da Ala 1 e os Cadetes da Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga (SP), desfilaram em continência ao Presidente da República, Michel Temer, ao som do Hino dos Aviadores e da canção Bandeirantes do Ar, enquanto caças F-5 sobrevoavam os céus da Ala 1.

Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira Foi no dia 23 de Outubro de 1906 que Alberto Santos-Dumont realizou o primeiro voo com o mais-pesado-que-o-ar, em Paris, na França. Com o 14 Bis, o aviador percorreu 60 metros em sete segundos, voando a dois metros do solo. “Esta é a data mais importante para a Força Aérea Brasileira.

Santos-Dumont é o Patrono da nossa Força Aérea. Os feitos de Santos-Dumont são lembrados todos os anos e isso é importante para toda a nossa tropa, para todos os militares que constituem a nossa instituição”, ressaltou o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato.


Fotos: Sargento Johnson Barros e Sargento Bianca Viol