11 de Outubro, 2017 - 16:15 ( Brasília )

Aviação

Comitiva técnica do MCTIC conhece unidades da FAB em Anápolis

Com foco em projetos conjuntos, membros do MCTIC conhecem unidades da FAB em Anápolis. Servidores do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações conheceram a Ala 2 e o Terceiro Grupo de Defesa Antiaérea.

Tenente Barbara Vieira / Tenente Gabriélli Dala Vechia


Na última terça-feira (11/10), uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou a Ala 2 e o Terceiro Grupo de Defesa Antiaérea (3° GDAAE), unidades da Força Aérea Brasileira (FAB) localizadas em Anápolis (GO).

O intuito da visita foi o de vislumbrar possíveis projetos e áreas de integração entre as instituições. O Secretário Alvaro Toubes Prata explicou que a interação entre MCTIC e Ministério da Defesa tem se intensificado nos últimos tempos. “Para que essa interação aconteça de maneira mais harmônica e legítima, é importante que possamos conhecer as instalações e conversar com as pessoas envolvidas nos setores”, afirmou o secretário.

A comitiva recebeu palestras sobre a missão e rotina da Ala 2 e seus esquadrões, visitou as aeronaves, conhecendo os sistemas e o laboratório de processamento de imagens. “Aqui em Anápolis estamos vendo sistemas que são muito estratégicos para nós. A nossa intenção é acompanhar isso, poder apoiar essas demandas e ampliar os projetos a serem desenvolvidos”, completou o Secretário Alvaro Prata.

Esse tipo de integração é muito importante para a Força Aérea, segundo afirma o Tenente-Coronel Aviador Bruno César Janhsen, do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER). “Manter o relacionamento com o MCTIC é muito importante, pois eles são nossos grandes apoiadores, intervindo junto aos órgãos de fomento, auxiliando nossos projetos. É uma troca. E eles têm que conhecer a Força Aérea para poder nos ajudar", explica.


Fotos: 3S Clemente/ Ala 2


VEJA MAIS