09 de Setembro, 2011 - 12:44 ( Brasília )

Aviação

Rússia vai diminuir número de companhias aéreas

Decisão de reduzir empresas de aviação se deve ao acidente que matou o time de hóquei da Rússia

O Presidente Dmitri Medvedev ordenou a redução drástica do número de companhias aéreas russas, como consequência do acidente que matou o time de hóquei no gelo do Lokomotiv de Yaroslavl, na quarta-feira, 7.

O avião Yak-42 caiu e explodiu logo após a decolagem no aeroporto de Tuloshna, em Yaroslavl, a 300 quilômetros a oeste de Moscou. A aeronave, da companhia Yak-Service, ia para Minsk, capital da Bielorrússia, onde o time do Lokomotiv jogaria contra o Dinamo local, pela Liga Continental de Hóquei.

Dos 45 passageiros e tripulantes do avião, 43 morreram, entre eles, os jogadores da equipe de hóquei no gelo do Lokomotiv de Yaroslavl, um dos mais importantes times desse esporte na Rússia. Somente duas pessoas sobreviveram, ambas em estado grave: um tripulante e o jogador Alexander Galimov, este com 90% do corpo queimados. Os corpos dos 43 mortos já foram resgatados.

Segundo o Presidente Medvedev, as autoridades precisam tomar todas as medidas necessárias para mudar a situação da aviação civil.