26 de Agosto, 2011 - 09:36 ( Brasília )

Aviação

Delta adia encomenda de 100 jatos como os da Embraer para 2012


A companhia aérea americana Delta Air Lines adiou uma encomenda de 100 jatos de pequeno porte para 2012, postergando negociações com fabricantes como a brasileira Embraer, pois pretende comprar agora 100 Boeings 737, informou uma fonte próxima ao assunto.

As discussões com a Embraer e sua concorrente Bombardier avançaram neste ano, enquanto a Delta negociava a compra de aviões maiores com Boeing e Airbus. Os modelos da Embraer e da Bombardier seriam complementares à frota da Delta, de jatos médios e grandes.

"Após conversas com a Delta, a Embraer acredita que a decisão da companhia de comprar nossos aviões ou equivalentes de concorrentes será tomada apenas no ano que vem", afirmou por e-mail o vice-presidente executivo da Embraer, Paulo César de Souza e Silva.

A Embraer ainda não resolveu se vai construir um novo avião ou se vai criar uma versão do seu maior jato para voos regionais, o 195, com novos motores, para competir com a família CSeries da concorrente canadense Bombardier.

A Bombardier espera estrear novos modelos em 2013, com preços de US$ 58,3 milhões para o CS100 e US$ 66,3 milhões para o CS 300.

Já a Delta vai encomendar jatos 737-900ER, a maior versão da família 737 da Boeing, com capacidade para quase 200 passageiros. A encomenda de 100 aviões deve somar US$ 8,58 bilhões, a preço de lista, mas as companhias aéreas normalmente conseguem descontos em grandes pedidos.