17 de Agosto, 2011 - 17:33 ( Brasília )

Aviação

Caças holandeses interceptam dois bombardeiros russos

Virou rotina, mais uma interceptação de bombardeiros russos feita por caças holandeses

Dois caças F-16 da Força Aérea da Holanda interceptaram nesta quarta-feira dois bombardeiros estratégicos russos T-95 que sobrevoavam sem permissão o espaço aéreo do país, informou o Ministério holandês de Defesa em comunicado.

Os aviões russos Tupolev, do tipo denominado "Bear" pela Otan, chegaram ao Mar do Norte sem terem informado as autoridades de Haia. Os caças holandeses escoltaram os bombardeiros russos até que estes chegassem ao Reino Unido. Lá, as forças britânicas fizeram a supervisão necessária, indicaram as autoridades.

Esta é a quarta vez neste ano que a Holanda intercepta voos militares russos não autorizados em seu espaço aéreo, lembrou o Ministério da Defesa.

Nos últimos anos, aviões russos protagonizaram vários incidentes deste tipo na zona da Europa ocidental, principalmente no Reino Unido. Os Tupolev T-95 são bombardeiros estratégicos que têm a capacidade de levar bombas nucleares.