17 de Agosto, 2011 - 10:11 ( Brasília )

Aviação

MAKS-2011 - Salão Aeroespacial Internacional de Moscou

Alta tecnologia e grandes negócios

Os organizadores do Salão Aeroespacial Internacional de Moscou – MAKS 2011 esperam um grande público para o evento deste ano, que teve início na terça-feira, 16, em Zhukovski, cidade próxima à capital. Segundo o ministro de Transportes da Região de Moscou, Petr Katsyv, apenas para os dois últimos dias do evento, 20 e 21 de agosto, calcula-se uma frequência de 180 mil visitantes.

Katsyv também destacou que nos arredores do aeroporto local de Bykovo será organizado um estacionamento com capacidade para 15 mil veículos, de onde haverá um transporte público até o local do evento.

Mas quem não puder comparecer ao MAKS-2011 poderá acompanhar todos os eventos do Salão virtualmente, conforme assegurou Vladimir Borisov, presidente-executivo do Aviasalon, a empresa organizadora. Estudantes e cientistas da cidade de Zhukovski cooperaram para que a Aviasalon lançasse a versão virtual do MAKS-2011 em 3D.O recurso estará disponível permanentemente, em duas línguas, russo e inglês, durante dois anos, até o MAKS-2013.

O usuário poderá escolher no site um pavilhão ou uma companhia que participe do evento, e ver suas atividades, seus serviços e produtos, bem como conhecer detalhes de contatos. O catálogo eletrônico oferecerá buscas por categoria, endereço e palavra-chave. Todos os produtos estarão representados por catálogos com imagens em 3D.

O evento de 2011 marca os 10 anos de realização do Salão. Seus organizadores pretendem celebrar esta marca quebrando todos os recordes de público e vendas estabelecidos nos nove anos anteriores.

 

Alta tecnologia e grandes negócios

O Presidente Dmitri Medvedev enviou uma mensagem de boas-vindas aos participantes e convidados do 10.º Salão Aeroespacial Internacional de Moscou, o MAKS-2011, dizendo que a feira deste ano exibirá as melhores conquistas dos escritórios de projetos aeronáuticos russos e internacionais. Segundo Medvedev, o programa de negócios do evento promoverá o intercâmbio de experiências, a expansão da cooperação internacional e o avanço dos produtos russos altamente tecnológicos nos mercados exteriores. No MAKS-2011, as indústrias aeronáuticas e as empresas aéreas farão um balanço de suas operações e assinarão novos contratos.

A linha aérea nacional russa, Aeroflot, por exemplo, vai assinar um acordo com a corporação estatal de tecnologia, a Rostekhnologii, para o fornecimento de 50 aviões a jato da série MS-21. Este modelo é de uma família de jatos de alcance médio em desenvolvimento pela Corporação Aeronáutica Unida (OAK). Seu fabricante, a siberiana Irkut, assinou um contrato definitivo com a CRECOM Burj Resources, da Malásia, para fornecimento de 50 MS-21.

A Tupolev apresentará no MAKS-2011 dois novos modelos. Um deles é o novo avião de passageiros de alcance médio Tu-204SM. Segundo Sergei Rayevsky, diretor do Departamento de Relações Externas e Marketing da Tupolev, diferente de seus similares, este aparelho possui melhores características de desempenho. A outra novidade é o avião Tu-214ON. Foi certificado sob o Tratado de Céus Abertos para monitorar voos nos Estados Unidos e no Canadá.

Os dois maiores parceiros no marcado internacional da aviação comercial, a Boeing e a Airbus, informaram que também pretendem assinar uma série de contratos no MAKS-2011. Vladimir Borisov, diretor-geral do show aeroespacial, acredita que o valor total dos contratos a serem assinados até o final da semana talvez exceda os 10 bilhões de dólares.

Site oficial: http://www.maks2011.com/

com Diário da Rússia