16 de Agosto, 2011 - 12:30 ( Brasília )

Aviação

FAB moderniza seis radares meteorológicos

Equipamentos serão atualizados pela empresa brasileira IACIT, de São José dos Campos

A empresa IACIT , de São José dos Campos, firmou um contrato com a FAB (Força Aérea Brasileira) para promover a atualização tecnológica de seis radares meteorológicos. O acordo, assinado recentemente com o Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica do Rio de Janeiro (PAME-RJ), terá duração de nove meses, a um custo de aproximadamente R$ 3,5 milhões.

A atualização tecnológica será realizada nos radares meteorológicos modelo RMT-0100D, atualmente em operação no SISCEAB (Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro), sediados nos Destacamentos de Controle do Espaço Aéreo (DTCEA) e nos Regionais: Gama (GA), São Roque (SRO), Pico do Couto (PCO), Morro da Igreja (MDI), Canguçu (CGU) e Santiago (STI). Também serão contemplados os Sistemas Regionais instalados nos Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo de Brasília (CINDACTA I) e Curitiba (CINDACTA II).

O programa prevê a atualização dos sistemas de hardware e software, ampliando a vida útil dos equipamentos em torno de dez anos. O trabalho também permitirá a instalação de novos softwares para informações meteorológicas atualmente não disponíveis no sistema.  Para realizar o projeto de atualização tecnológica dos radares, a IACIT realizou um trabalho de engenharia que levou cerca de 18 meses e exigiu um investimento próprio da ordem de R$ 2 milhões. “Foi um grande desafio. Todos os recursos investidos no projeto foram nossos. Esta é uma oportunidade real para demonstrar ao mercado nacional que não precisamos buscar fornecedores estrangeiros e que temos condições de desenvolver tecnologias complexas internamente”, ressaltou o presidente da empresa Luiz Teixeira.

Os radares meteorológicos estão entre os sensores mais recomendados para supervisão mesoescala do tempo e previsão conhecida como “nowcasting”, utilizados em diversos campos, como: pesquisa & desenvolvimento, controle de tráfego aéreo, climatologia, agricultura, gerenciamento de recursos hídricos e defesa civil. Todo o processo ocorre de forma muito rápida. O monitoramento pode ser registrado em tempo real, permitindo a exata localização das áreas onde as chuvas estão caindo.

Para o diretor do PAME (Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica), Coronel Victor Fernando Trotta Nunes, a modernização dos radares meteorológicos mostra a capacidade da indústria nacional na utilização de tecnologia de ponta. Ele ressalta também que a atualização dos sistemas trará grandes melhorias nos serviços de rotas aéreas, além de agregar mais informações sobre as condições meteorológicas do País, para o controle de tráfego aéreo.

Sobre a IACIT

A IACIT completou em maio deste ano 25 anos. Uma empresa 100% nacional, que consolidou sua história no desenvolvimento de produtos e serviços de alta tecnologia nas áreas de Tráfego Aéreo, Redes Integradas e Meteorologia.