14 de Julho, 2016 - 10:05 ( Brasília )

Aviação

BAAF realiza Estágio de Preparação de Jornalistas e Assessores em Área de Conflito

Evento foi voltado para profissionais que atuarão durante os Jogos Olímpicos Rio 2016

Foi realizado no dia 7 de julho, no estande de tiro da Base Aérea dos Afonsos (BAAF), o “Estágio de Preparação de Jornalistas e Assessores de Imprensa em Área de Conflito para Grandes Eventos”. Voltado para profissionais de imprensa que atuarão durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, o estágio foi composto por aulas teóricas e práticas oferecidas a 35 integrantes de veículos de comunicação de todas as regiões do País.

O Comandante da BAAF, Tenente-Coronel Aviador Luiz Claudio Cunha Ottero, ressaltou a importância das aulas para os jornalistas. “Os ensinamentos obtidos no estágio poderão fazer a diferença entre a vida ou a morte em casos de conflitos reais. Os instrutores da Força Aérea Brasileira e do Exército são profissionais altamente capacitados, com experiência de combate real e seus conhecimentos podem ajudar a salvar vidas", disse.

A jornalista Taynara Andrade, produtora da SportTV que vai trabalhar na cobertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, sente-se mais preparada para atuar após participar do estágio. “Tenho certeza que se me deparar em alguma situação tensa, seja no trabalho ou fora dele, me sentirei mais segura para agir. Adquirimos conhecimentos teóricos que puderam ser colocados em prática”, destacou.

“Deparamo-nos com experiências que encontramos no nosso dia a dia e outras que nem esperamos encontrar, mas que agora já temos uma base de como agir. Tenho certeza que saber o efeito do tiro de armas de diferentes calibres em determinadas superfícies foi de suma relevância na minha profissão, assim como encontrar a proteção correta em uma situação de conflito”, explicou o jornalista da Rede Bandeirantes Fernando Goldwasser David.

Os instrutores abordaram temas como uso de Equipamentos de Proteção Individual; regras de segurança - onde se proteger num tiroteio; apresentação e manejo das armas de fogo; e tiro real ao alvo.

A atividade foi resultado da cooperação entre a BAAF e o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB).
 

  Leia também:

O que há por trás da farda verde-oliva [Link]