23 de Dezembro, 2015 - 10:10 ( Brasília )

Aviação

AFA forma quatro novos aviadores para a Marinha

Os oficiais concluíram o estágio de voo na aeronave T-27 Tucano

A Academia da Força Aérea (AFA) formou, na segunda-feira (21/12), quatro novos aviadores para a Marinha do Brasil. Os militares concluíram o Curso de Aperfeiçoamento de Aviação para Oficiais realizado em parceria entre a AFA e o Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval Almirante José Maria do Amaral de Oliveira (CIAAN).

O curso teve início em 2014, quando dez Oficiais-Alunos realizaram a formação teórica no CIAAN, localizado na cidade de São Pedro da Aldeia (RJ). Após esta etapa, em novembro de 2014, iniciaram a instrução nas aeronaves T-25 Universal (veja fotos da aeronave).

Somente os quatro primeiros colocados foram indicados a continuar sua formação em aeronaves de asa fixa, em maio de 2015, tendo então concluído com sucesso o estágio de voo na aeronave T-27 Tucano, curso semelhante ao realizado pelos cadetes do 4º ano do curso de formação de oficiais aviadores.

Para o 1° Tenente Rafael dos Santos Braga a experiência, além de proporcionar um ganho profissional também deu oportunidade de conhecer as peculiaridades da Força Aérea. “Conhecemos como a FAB opera, os seus meios e a doutrina da AFA, que é diferente da Escola Naval”.

A experiência auxiliará também em futuras operações conjuntas. “Com essa troca a FAB e a Marinha crescem, é importante falarmos todos a mesma língua”, afirma.

No regresso à Marinha do Brasil os militares voltam ao Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval para o prosseguimento na formação de pilotos aeronavais nas aviações de caça, transporte e asas rotativas.

Segundo o Capitão-de-Corveta Carlos Augusto Buonomo, chefe do Departamento de Oficiais do CIAAN, a AFA é o berço dos pilotos navais, que seguirão para outras missões. “Os pilotos serão selecionados para voar aeronaves de alta performance, entre elas, a AF-1B modernizada. Logo estarão pousando no Porta-Aviões São Paulo que dentro em breve deve estar navegando”, explica o Capitão-de-Corveta.

Unidades da FAB encerram as atividades de 2015

As bases aéreas de Salvador (BASV) e Florianópolis (BAFL) encerraram as atividades de 2015 do Programa Segundo Tempo - Forças no Esporte (PROFESP), que prevê a inclusão social de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social por meio do esporte.

O PROFESP, criado em 2003, é uma iniciativa do Ministério da Defesa (MD), em parceria com os Ministérios do Esporte, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, realizado em diversas unidades militares da Marinha, Exército e Aeronáutica por todo o Brasil.

A Base Aérea de Salvador desenvolveu, durante todo o ano, atividades culturais e esportivas que beneficiam estudantes em situação de vulnerabilidade social do município de Lauro de Freitas (BA). Atualmente, o Projeto sediado na BASV atende 110 crianças.

Elas participam de diversas atividades e aulas gratuitas de música, arte marcial, esportes e reforço escolar. Este ano, os alunos começaram a aprender a modalidade esportiva conhecida por corrida de orientação e, com apenas quatro meses de treino, trouxeram muitas medalhas e troféus das competições que participaram em diversas cidades, como Maceió (AL) e Subaúma (BA).

BAFL

Já os alunos do Programa Forças no Esporte (PROFESP) desenvolvido na Base Aérea de Florianópolis (BAFL) concluíram as atividades de 2015 na quinta-feira (17/12). As crianças da Escola Tenente Almáchio, do bairro Tapera, receberam kits com lanche, brinquedos, participaram do sorteio de duas bicicletas e se divertiram com a presença do Papai Noel, representado pelo Capitão Reformado Carlos Alberto.

Durante o sorteio, a primeira bicicleta foi cedida pela criança ganhadora para ser novamente sorteada. Ela relatou que preferia que a bicicleta fosse entregue para um de seus colegas, em novo sorteio, pois já possuia uma. “Não são apenas as crianças que estão crescendo com o projeto, toda a comunidade militar da Base Aérea de Florianópolis também cresce com o progresso delas”, afirmou o Subcomandante da Base Aérea de Florianópolis, Tenente-Coronel Eduardo de Carvalho Guimarães.