02 de Dezembro, 2015 - 11:00 ( Brasília )

Aviação

FAB treina lançamento de carga com uso de NVG

Esquadrão Arara emprega NVG em lançamento de carga a 180 metros de altura. Missão de treinamento foi realizada durante o Exercício Operacional TRANSFAEX em Campo Grande (MS).

Uma tripulação composta por militares do Esquadrão Arara (1°/9° GAV) realizou no dia 27 de novembro o lançamento de material com o uso de óculos de visão noturna (NVG, do inglês, Night Vision Goggles). A missão de ressuprimento aéreo ocorreu a partir da aeronave C-105 Amazonas, durante o Exercício Operacional TRANSFAEX, em Campo Grande (MS).

O equipamento NVG aumenta em até 50 mil vezes a luminosidade e aproveita a luz das estrelas para que os pilotos consigam realizar missões noturnas sem referências visuais para o olho humano. O lançamento da carga foi feito a 600 pés, o que equivale aproximadamente 180 metros de altura.

“A realização de missões com o uso do NVG amplia a capacidade da Aviação de Transporte em apoiar operações noturnas em variados tipos de cenários, seja em tempos de guerra ou em tempo de paz, como as missões humanitárias e em apoio à população de cidades em situação de calamidade pública.

A gama de equipamentos e materias que podem ser lançados é bem diversificada, pois depende muito da demanda das tropas atendidas, como exemplo: armamentos, munições, geradores de energia, mantimentos, medicamentos, água potável, roupas ou colchões”, explica o coordenador do TRANSFAEX, Coronel Pinto Sampaio.

Histórico - O Esquadrão Arara já tem empregado óculos de visão noturna há alguns anos. Na Operação Coruja II, realizada em 2012, por exemplo, os pilotos dos aviões de transporte C-105 Amazonas utilizaram o equipamento para cumprir missões como navegação a baixa altura e lançamento de cargas.