01 de Dezembro, 2015 - 09:30 ( Brasília )

Aviação

Esquadrões de transporte participam de exercício operacional no MS

Treinamento conta com a participação de 150 militares de quatro unidades aéreas da FAB

Pela primeira vez um exercício operacional reúne apenas as aeronaves que possuem rampa da Força Aérea Brasileira (FAB). É o TRANSFAEX, que teve início na última sexta-feira (26/11) em Campo Grande (MS) e vai até a próxima quinta-feira (03/12). De acordo com os organizadores, a rampa das aeronaves permite maior capacidade operacional durante as missões da aviação de transporte.

Participam do treinamento dois aviões C-130 Hércules e dois C-105 Amazonas, além de 150 militares dos esquadrões Arara (1°/9° GAV), Onça (1°/15° GAV), Gordo (1°/1° GT) e o 1° Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT). O objetivo do exercício é elevar o nível operacional dos pilotos, aumentar o nível de preparo dos esquadrões e fixar a doutrina de emprego das aeronaves.

Segundo o Coordenador-Geral da Operação, Coronel Alexandre Pinto Sampaio, serão simuladas situações reais em um ambiente real. “Vamos figurar um treinamento em território hostil com navegação a baixa altura. Vamos treinar também lançamento de carga em diversos processos”, destacou.

Os militares também vão participar de treinamentos de decolagem e pouso táticos, voos em formatura (com mais de uma aeronave) básica e tática, além do emprego dos óculos de visão noturna.

Para o Comandante da V Força Aérea (unidade responsável pela aviação de transporte da FAB), Brigadeiro do Ar Robson Roger Garcia Tavares de Melo, o exercício TRANSFAEX tem a meta de aprimorar a doutrina e estreitar os relacionamentos. “Nossos militares podem aproveitar cada hora de voo com máximo empenho e segurança”, finaliza.