25 de Novembro, 2015 - 10:40 ( Brasília )

Aviação

EDA - Fumaça tem novos pilotos nas posições de líder e ala esquerda

Militares finalizam curso de piloto de demostração aérea. Foram 80 missões de instrução e treinamento

Após realizarem cerca de 80 missões de instrução e treinamento, dois aviadores concluíram o “Curso de Piloto de Demonstração Aérea” da Esquadrilha da Fumaça. O Tenente-Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas realizou seu voo solo na posição de Líder (#1), e o Capitão Gasparelo, como Ala Esquerda Externa (#5).

O “voo solo” é a primeira vez em que o piloto realiza uma missão completa na sua posição sem a presença do instrutor, finalizando assim o ciclo de aprendizagem que o aviador teve que superar no período de instrução. Para chegar a esse momento, ambos assistiram às aulas do “Ground School” da aeronave A-29 Super Tucano, terminaram o curso básico - voando as horas necessárias para atingir a experiência mínima no avião - e partiram para a fase avançada em que executaram toda a demonstração realizada com suas manobras e encaixes.

O Tenente-Coronel Caldas considerou peculiar e muito marcante o término do seu curso. “Vejo como extremamente vantajoso poder iniciar o comando da Esquadrilha da Fumaça no ano de 2016 já com a formação de liderança concluída. Acredito que essa vantagem aconteceu pela facilidade de já estar trabalhando na Academia da Força Aérea (AFA), unidade em que a Fumaça está baseada. Dessa forma, pude iniciar o curso o quanto antes para efetivá-lo. Isso foi muito interessante e positivo para a Fumaça”.

Muito feliz com o resultado, o Capitão Gasparelo também comentou sobre o momento, assim que pousou de seu voo solo. “É mais um objetivo alcançado na minha carreira. E considero um dos mais importantes, pois ingressei na Força Aérea Brasileira motivado por uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça quando eu era mais novo. A partir desse momento, terei a honra de servir de inspiração a novos jovens que também poderão sonhar com a carreira de piloto”, comentou.