29 de Setembro, 2015 - 15:00 ( Brasília )

Aviação

Boeing - 22 AH-64E Apache and 15 CH-47F Chinook para a Índia

Contratos reforçarão o relacionamento Boeing-India. Inclui treinamento a apoio à Força Aérea da Índia

O Ministério da Defesa da Índia completou com a Boeing um contrato para a produção, treinamento e apoio para helicópteros Apache e Chinook, que reforçarão as capacidades operacionais militares e em missões humanitárias.

A Índia  receberá  22 helicópteros de ataque AH-64E Apache e 15 helicópteros pesados de transportes CH-47F Chinook. Ambos modelos são as últimas versões destas aeronaves.

Um ponto importante na aquisição dos helicópteros  é que a partes da seção intermediária do Chinook já são produzidas na Índia. Isto acelerará a política ‘Make in India.’ Está em discussão entre Boeing e fornecedores indianos a produção local de partes para o Apache.

O Apache é a principal  aeronave de asas rotativas multimissão de ataque.  O AH-64E Apache, é a versão mais moderna  variante também em uso pelo U. S. Army, incorpora itens que melhoram a performance, capacidade de integração digital, itens de sobrevivência aperfeiçoados e auxílios para decisão cognitiva (reconhecimento).

O  CH-47F Chinook é o helicóptero multimissão operado pelo U.S. Army e 18 outras forces de defesa. O Chinook tem capacidade de operar em uma ampla gama de condições ambientais similares às encontradas na Índia, inclusive de operar com cargas pesadas à grandes altitudes.

A Índia é a 14ª nação que seleciona o  AH-64 Apache e a 19ª nação a selecionar o Chinook.


Nota DefesaNet

A Índia adota sempre o fornecimento de duas fontes
para seus equipamentos militares. Tradicionalmente a Rússia (anteriormente a União Soviética) fornece grande parte  dos equipamentos militares.

Assim caças russos voam junto com caças franceses na Força Aérea. A entrada dos americanos é a percepção da Índia de ter um outro parceiro mais alinhado, já que a aproximação Rússia-China traz grande preocupação à Índia.

O Editor