25 de Agosto, 2015 - 09:10 ( Brasília )

Aviação

Operadores da aeronave A-29 se reúnem para debater questões técnicas

Encontro entre fabricantes, operadores e corpo técnico de manutenção foi realizado no Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (MG)

O Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA-LS) realizou a Reunião de Operadores (ROP) da aeronave A-29 Super Tucano, empregada pela Força Aérea Brasileira (FAB) principalmente na fronteira. Realizado em meados de agosto, o encontro anual reuniu os fabricantes do avião, os esquadrões operadores e a equipe técnica do PAMA-LS para debater sobre as necessidades técnicas relacionadas à operacionalidade da frota.

Segundo um dos organizadores da reunião, Major Renato Alves de Oliveira, o evento é importante porque possibilita o diálogo entre os principais envolvidos na operação do A-29. "Dessa forma, podemos encontrar as melhores soluções para questões técnicas", explica.

Participaram da reunião, além da equipe do PAMA-LS, mais de 20 militares de diversas unidades pelo País, como o Tenente Thiago Romeiro Capuchinho, Chefe de Manutenção da Esquadrilha da Fumaça. "Essa reunião representa uma oportunidade ímpar para que o operador possa reportar as suas dificuldades diretamente aos fabricantes de cada componente da aeronave, na expectativa de uma melhoria na disponibilidade do projeto", disse.

As empresas envolvidas na fabricação da aeronave, como a Embraer, a Pratt & Whitney e a AEL Sistemas, também estiveram presentes. "Nós acreditamos que essa reunião é uma oportunidade fundamental para ouvirmos os operadores do A-29 quanto às suas expectativas, trocar ideias e informações e promover o relacionamento entre as equipes da Força Aérea Brasileira e da Embraer.

Também reforçamos nosso compromisso em atender e sempre aprimorar nosso suporte em serviços, visando sempre aos altos índices de disponibilidade do A-29 nos Esquadrões", afirmou o representante da Embraer, Tarcizio de Paiva.