17 de Julho, 2015 - 13:00 ( Brasília )

Aviação

Militares brasileiros realizam intercâmbio na Colômbia

O objetivo da iniciativa é compartilhar experiências e normatizar procedimentos

Pilotos e controladores de tráfego aéreo da Aeronáutica brasileira realizam intercâmbio com a Força Aérea Colombiana (FAC) durante a Operação COLBRA IV. O objetivo da iniciativa é compartilhar experiências e normatizar procedimentos nos diversos níveis. A operação começou na segunda-feira (13/07) e termina nesta sexta-feira (17/07).

Durante o exercício operacional, os aviadores do A-29 Super Tucano, do Esquadrão Escorpião (1°/3° GAV), participarão de voos nas aeronaves A-37 colombianas. Já os controladores de tráfego aéreo da Força Aérea Brasileira (FAB) passam a semana no Grupo Aéreo do Amazonas (GAAMA), organização da FAC localizada em Letícia, município colombiano. Nesse período, observam as técnicas de controle e defesa aérea do país vizinho.

“Foi interessante observar pilotos militares que executam a mesma missão de defesa aérea, mas utilizam técnicas diferentes”, disse o Tenente Aviador Leonardo Teixeira, do Esquadrão Escorpião, que voou no A-37 da Colômbia.

Militares colombianos também vão conhecer procedimentos empregados no Brasil. Controladores de tráfego aéreo estão no Quarto Centro de Operações Militares (COpM4), sediado em Manaus (AM), conhecendo o trabalho brasileiro.

Para o Capitão Edgar Alexander Camargo Arevalo, da Força Aérea da Colômbia, a experiência contribui para a unificação dos procedimentos.

“Essa missão é importante pelo intercâmbio de informações e pela coordenação entre o Centro de Comando e Controle da Colômbia e do Brasil. Assim como a padronização de procedimentos na transferência de interceptações entre os países”, disse.