30 de Abril, 2015 - 15:00 ( Brasília )

Aviação

METEOR – Primeiro disparo guiado desde um Rafale



Texto em inglês

Successful first guided firing of Meteor from Rafale Link

O editor

Em 28 de Abril 2015, equipes da Ministério da Defesa da França, Dassault Aviation  e MBDA executaram o primeiro disparo do míssil de longo alcance Meteor contra um alvo aéreo desde um caça Rafale. O disparo desde um caça  Rafale, que foi preparado pelo  Centro de Teste de Voo de  Cazaux (perto de Bordeaux) da DGA, realizado dentro da área de segurança  na área de Ensaios de Mísseis da DGA (anteriormente  Centre d'Essais des Landes), em  Biscarosse (também perto de Bordeaux).

Após os testes de separação do míssil realizados em 2013 e 2014, este disparo representa um importante marco na integração do Meteor ao caça Rafale dentro do plano de desenvolvimento ao padrão F3-R.

Propelido por um motor ramjet e empregando um modo de disparo ‘fire and forget’, o míssil Meteor é da classe BVR (Beyond Visual Range – Além do Alcance Visiual) para missões de Defesa Aérea. Graças à performance do radar THALES RBE2 AESA (Active Electronically Scanned Array), que equipa o caça Rafale (o único caça europeu atualmente equipado com um radar desta classe), É capaz de interceptor alvos a longa distância complementado a performance do míssil MICA atualmente em serviço e usado para defesa da aeronave. Os primeiro mísseis Meteor serão entregues em 2018 para equipar os caças Rafale da Marine Nationale e Armée de l´Air.

Resultado de uma cooperação entre a  França, Alemanha, Itália e Espanha, Suécia e Reino Unido, lançado em 2003, O Meteor é um programa participativo para a consolidação da Indústria da Defesa da Europa e Tecnologia relacionadas a mísseis. Os principais parceiros são:  MBDA UK, MBDA França, MBDA Itália, SAAB (Suécia), Bayern-Chemie (subsidiária da MBDA Deutschland) e Inmize (Espanha).

No Brasil

O míssil da classe BVR teve um impacto importante no Brasil com a primeira manobra CRUZEX Base Aérea de Canoas 2002), quando no primeiro dia de operações TODA a Força Aérea Oponente aos franceses, equipados como o Mirage 2000-5 e o míssil BVR MICA, foram abatidos sem nenhum contato visual. As distâncias foram de 30 a 80 km.

O METEOR está na lista de armamentos a serem adquiridos pela FAB e integrados pala SAAB ao Gripen NG.
 
Matéria Relevante

MICA + MIRAGE 2000-5 + RDY radar + Esquadrão Cegonha = 40 Vitórias Link