19 de Setembro, 2014 - 10:40 ( Brasília )

Aviação

Começa a fase avançada do curso de Aviação de Patrulha


Começaram nesta semana em Natal (RN) as missões aéreas da fase avançada do Curso de Especialização Operacional na Aviação de Patrulha (CEO-P). O primeiro voo desta etapa foi realizado pelo Tenente Matheus Oliveira no dia 17 de setembro. O militar decolou às 8h45 a bordo de um P-95 do Esquadrão Netuno, vindo de Belém (PA).

Com a participação de dez oficiais da Força Aérea Brasileira e quatro da Marinha do Brasil, pela primeira vez o curso é ministrado inteiramente no ambiente de instrução do Esquadrão Rumba, em Natal, sem missões fora de sede. As aulas teóricas foram iniciadas no dia 25 de agosto e os voos vão acontecer em aeronaves deslocadas para Natal.

“Com a crescente importância política envolvendo o Pré-Sal e a região da Amazônia Azul, a Aviação de Patrulha da Força Aérea Brasileira assume papel imprescindível na manutenção da soberania nacional, servindo em conjunto com a Marinha do Brasil, de grande fator dissuasório”, opinou André Vinicius de Souza Dinely, Tenente da Marinha.

Até o fim do ano, os alunos devem aprender a realizar missões de Patrulha Marítima, Busca, Controle Aéreo Avançado e Posto de Comunicação no Ar, dentre outras. Em 2015, os concludentes poderão seguir para as unidades equipadas com aeronaves P-95 em Belém (PA) e Florianópolis (SC).

“O Curso de Especialização Operacional da Aviação de Patrulha, além de desafiador, serve de grande estímulo, uma vez que é nosso primeiro contato com a aviação que escolhemos nos dedicar durante nossas vidas na Força Aérea Brasileira”, disse o Tenente Matheus, da Força Aérea.