11 de Agosto, 2014 - 10:15 ( Brasília )

Aviação

Esquadrão Pelicano treina evacuação médica

A finalidade foi treinar os militares para recuperação de vítimas isoladas em perigo

O Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV) realizou, no período de 28 de julho a 1º de agosto, o I Treinamento de CASEVAC (da sigla, em ingles, para Casualty Evacuation). O exercício consiste na evacuação de uma vítima do local da lesão para uma instalação médica mais próxima. Considerando um ambiente de conflito, essa evacuação médica torna-se uma missão de combate.

A finalidade foi treinar os militares para recuperação de vítimas isoladas em perigo e que não tenham recebido nenhum tipo de treinamento para resgate. Além disso, serve também para a preparação interna de efetivo de tripulantes aeromédicos nos níveis da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), necessários às intervenções humanitárias internacionais.

O treinamento foi composto por uma fase teórica e uma fase prática, realizada na Base Aérea de Campo Grande (BACG). Na fase prática, equipes de três militares especializados em resgate aplicaram conhecimentos de protocolos internacionais de comunicação para acionamento do CASEVAC, progressão tática no terreno, cuidados médicos sob fogo, cuidados médicos no terreno tático, retiradas de feridos e cuidados médicos em voo.

Com essa formação, os militares desenvolveram aptidões de Doutrina Personal Recovery, Doutrina de Evacuação Aeromédica e o Tactical Combat Casualty Care (TCCC), que trata dos cuidados táticos providos ao acidentado no combate.

Coordenado pelo Capitão Médico Pascale, o exercício contou com a colaboração do Major Márcio Leandro Reisdorfer e do Capitão Iagã Indalencio Cota, ambos da 2ª Companhia do Batalhão de Aviação Policial da PM do Estado de Santa Catarina e do Tenente-Coronel Marcello Frai.