21 de Julho, 2014 - 10:55 ( Brasília )

Aviação

Aviões da FAB tomam os céus de Florianópolis em exercícios de resgate e lançamento de kits de sobrevivência

Nesta segunda-feira mais 70 homens vindos do Rio de Janeiro desembarcam em Florianópolis

Ângela Bastos


Aviões verdes da Força Aérea Brasileira continuarão riscando o céu azul de Florianópolis nos próximos dias. Na manhã desta segunda-feira mais 70 militares chegam do Rio de Janeiro a bordo de dois Hércules C-130 para a segunda etapa de uma manobra de salvamento e lançamento de fardo que se iniciou semana passada e vai até 2 de agosto.

O objetivo do exercício é a formação e manutenção operacional de militares sediados em missões de busca e resgate. O treinamento consiste na busca de pontos em mar e terra, como também no lançamento de kits de sobrevivência.

Os pilotos e observadores especializados em busca e resgate são fundamentais em operações envolvendo acidentes.

Foram militares desses esquadrões que trabalharam nas missões que encontraram partes da fuselagem do voo Air France 447, em 2009, e também atuaram no acidente do voo Gol 1907, em 2006.

As aeronaves e os militares pertencem aos esquadrões 1ºGT-Grupo de Transporte e 1ºGTT-Grupo de Transporte e Tropa.

De acordo com o 1º tenente aviador Antonio P. Damasceno, esse tipo de treinamento repete-se em Florianópolis por reunir atrativos como ter a Baía Sul disponível nas proximidades do aeródromo, o que propicia aos militares condições de treinamento bem próximas as encontradas no mar e num local bem mais seguro para se treinar, por ser um ambiente mais controlado que o alto-mar.

Aliado a isso, temos nos arredores do aeródromo pontos que favorecem também o treinamento de lançamentos de kits de sobrevivência e busca na terra.