07 de Maio, 2014 - 11:40 ( Brasília )

Aviação

Cadetes do segundo ano da Academia da Força Aérea realizam primeiro voo solo

Essa etapa tem o objetivo de proporcionar aos Cadetes maior domínio da aeronave e prepará-los para a instrução avançada de voo

É uma sensação de liberdade indescritível”. Foi com essa frase que o Cadete Aviador Amilton Oliveira Ferreira Junior, de 19 anos, descreveu a sensação de realizar o primeiro voo solo a bordo da aeronave T-25.

Ele foi o primeiro cadete do 2º Esquadrão do Corpo de Cadetes da Aeronáutica que, junto com os outros militares do esquadrão, realizou o primeiro voo no T-25 sem o acompanhamento do instrutor. O evento ocorreu na última quarta-feira (30/04) na Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga – SP.

No retorno do voo, o Cadete Junior foi recebido pelo Comandante da AFA, Brigadeiro do Ar Carlos Eduardo da Costa Almeida; pelo Comandante do 2º Esquadrão do Corpo de Cadetes da Aeronáutica, Major Intendente Alessandro José Machado; além dos instrutores de voo e de todos os cadetes aviadores do Esquadrão.

O momento também foi marcado pela tradicional entrega do cachecol (símbolo do voo solo), além de um banho e do toque do sino em frente ao esquadrão.

Após a etapa concluída, os cadetes do 2º ano iniciarão a fase de manobras e acrobacias, que tem como objetivo proporcionar ao cadete maior domínio da aeronave. Esta preparação é importante, pois no 4º ano os cadetes farão a parte de instrução avançada, voo com a aeronave T-27 Tucano.

Você também pode ser aviador da Força Aérea Brasileira. Estão abertas as inscrições para o concurso da Academia da Força Aérea Brasileira, que oferece 35 vagas para aviação, 25 para intendênciia e 20 para infantaria.