30 de Abril, 2014 - 08:55 ( Brasília )

Aviação

FAB participa de exercício internacional com simulação de terremoto e tsunami

Nesta semana, o comandante da Aeronáutica acompanha as ações em Lima e Pisco

A Força Aérea Brasileira (FAB) participa desde o dia 20 de abril do Exercício Cooperación III, realizado no Peru. Dentro das atividades, os militares da FAB participaram da simulação de um terremoto. Organizado pelo Sistema de Cooperação das Forças Aéreas Americanas (SICOFAA), o objetivo do exercício é integrar as coordenações de Comando e Controle no apoio a calamidades públicas e assistência a desastres naturais.

A simulação do terremoto de 8 graus teve como o epicentro um ponto no Oceano Pacífico, próximo à cidade litorânea de Pisco. O abalo provocou um tsunami e desencadeou as ações das Forças Aéreas Militares participantes do exercício. “Nossa missão primária é a busca e o salvamento, e estar aqui permite à unidade operar em ambientes normalmente não encontrados no Brasil, como regiões desérticas e de grandes altitudes”, explica o Comandante do Esquadrão Harpia, Tenente-Coronel Aviador Márlio Concidera Estebanez.

Para o Major Aviador Silvio Roberto Assunção de Oliveira Filho, integrante do Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV), o exercício aprimora as missões dos Esquadrões da FAB. “Aqui podemos colocar em prática todo o treinamento de evacuação aeromédica e transporte aerologístico, além de conhecer os procedimentos de comando e controle para apoio frente a um desastre natural”, afirma. Essa é a primeira vez que o esquadrão participa do exercício.

Militares das outras Forças Aéreas também destacam a importância da realização do exercício. “Com as ações que estamos realizando no Peru podemos perceber a capacidade que as Forças Aéreas da América têm de poder ajudar uma população frente a uma catástrofe. Por exemplo, se uma cidade ficar sem água e sem comida, ou com muitos feridos, nós poderemos ajudar. E é isso que estamos treinando aqui”, revela o Coronel Especialista em Navegação Claudio Salaberry, coordenador em terra das atividades do Esquadrão C-130 Hércules da Força Aérea Argentina.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito, desembarcou no Peru nesta segunda-feira (28/04) e acompanha as ações realizadas no exercício nas cidades de Lima e Pisco. Além do oficial-general, o Comandante da Força Aérea do Peru, o Comandante da Força Aérea Argentina e integrantes das Forças Aéreas do SICOFAA participam do treinamento.

O Exercício Cooperación III reúne dez países integrantes do SICOFAA. O Brasil participa do treinamento com uma aeronave SC-105 do Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV) e um helicóptero H-60 Black Hawk, do Esquadrão Harpia (7º/8º GAV).