28 de Março, 2014 - 00:20 ( Brasília )

Aviação

NOVAER faz o Roll Out de suas duas aeronaves em São José dos Campos



Júlio Ottoboni
Especial para DefesaNet

 
A empresa Novaer Craft, fabricante de aeronaves civis e militares, realiza a apresentação da aeronave T-Xc na próxima segunda-feira, dia 31, em São José dos Campos. Trata-se de um projeto de engenharia voltado para o desenvolvimentode um produto de uso duplo. A plataforma usada atende simultaneamente a duas categorias de aeronave, uma na versão treinador e outra na utilitária.
 
 A iniciativa é tida como pioneira, pois se trata de uma aeronave projetada e produzida no Brasil com estruturas primárias e secundárias inteiramente emfibra de carbono, o material compósito que utiliza as tecnologias mais avançadas para produção aeronáutica. A aeronave vem sendo desenvolvida desde 2007.
 
De acordo com o Diretor Presidente da Novaer, Graciliano Campos, o evento  que será fechado para convidados civis e militares, trata-se de um marco no desenvolvimento do setor e uma oportunidade de mercado que tem se evidenciado no Brasil.
 
 “Temos nossos diferenciais muito bem trabalhados e acreditamos que esse projeto Dual trará uma demanda muito representativa para nosso mercado. Por isso, apresentamos hoje uma aeronave muito competitiva, que apresenta peso estrutural menor que seus concorrentes e alta capacidade de carga útil, que o permitem voar com carga paga mais alta e maior quantidade de combustível, aumentando o alcance e rentabilidade da operação”, afirmou o executivo.
 
Segundo ele, o próximo passo será buscar a certificação junto à ANAC,  financiamentos e investidores para o início da construção da fábrica, em Lages, no Estado de Santa Catarina. A unidade será começada ainda no primeiro semestre deste ano.  “Esperamos em dois anos estarmos prontos, com a certificação e a fábrica concluídas. Com isso, estimamos gerar mais de 300 empregos diretos, dando um salto também no nosso faturamento”, observou Campos.
 
Apesar da Novaer Craft ter nascido no polo de São José dos Campos, sua fábrica migrou para Santa Catarina. Lá, a unidade fabril terá parcerias com universidades, ICTs, ensino técnico e as indústrias criando a cadeia produtiva necessária para o suporte da produção. A intenção é estabelecer os primeiros passos na criação de um polo aeronáutico no Estado.
 
O avião chega ao mercado civil a um preço competitivo com o mercado e seus concorrentes, com voo inaugural previsto para o mês de maio de 2014. Os valores não foram divulgados.
 
Categorias do T-Xc
 
Versão Treinador com  2 lugares. É totalmente acrobática. Esta versão visa atender às necessidades de forças aéreas para o treinamento elementar, primário ou básico de seus pilotos.
 
Versão Utilitária com 4 lugares. Manobras acrobáticas permitidas, quando o MTOW for limitado a1.140 Kg. Esta versão visa atender ao transporte de passageiros e pequenas cargase ao treinamento de pilotos civis (versão designada “U-Xc”).