27 de Março, 2014 - 10:11 ( Brasília )

Aviação

Unidades da FAB em todo o Brasil celebram a data com cerimônia militar

Em todas as unidades foi entregue a Medalha Bartolomeu de Gusmão para civis e militares das três Forças

No dia 25 de março, data em que se comemora o Dia do Especialista na Força Aérea Brasileira (FAB), diversas unidades em todo o Brasil realizaram cerimônias militares com a entrega da Medalha “Bartolomeu de Gusmão”. Os especialistas da FAB recebem a medalha desde 1971, inspirada na atuação do Padre Bartolomeu Lourenço de Gusmão, um dos precursores da aviação. A medalha destina-se a premiar as personalidades militares e civis do Comando da Aeronáutica que tenham prestado relevantes serviços à Força Aérea e é símbolo de dedicação, zelo e amor à pátria.
 
O Dia do Especialista foi instituído pela Portaria Nº 160/GM3, de 15 de março de 1991, dia em que foi criada a Escola de Especialistas da Aeronáutica, 50 anos antes. Os especialistas da aeronáutica fazem o importante papel de oferecer suporte em toda atividade aérea. Seja controlando o espaço aéreo, seja fazendo a manutenção de aeronaves, eles são fundamentais para que a atividade fim da Força Aérea seja realizada com eficiência e segurança.
 
Na Base Aérea de Anápolis (BAAN) aconteceu a despedida do Tenente-Coronel Roberto Gomes dos Santos, que, em 2014, completa 25 anos de tarefa por tempo certo na BAAN. Após a entrega da medalha “Bartolomeu de Gusmão” ,foi realizado o tradicional desfile militar.
 
A Cerimônia do Dia do Especialista de Aeronáutica na Base Aérea de Canoas (BACO) foi presidida pelo Chefe de Gabinete do Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR), Coronel Intendente Walter de Oliveira Rezende, que, juntamente com o Comandante da BACO, Tenente-Coronel Aviador Paulo Eduardo do Amaral Navarro, foi paraninfo durante a imposição da medalha Bartolomeu de Gusmão aos agraciados da Guarnição de Aeronáutica de Porto Alegre.
 
Comemorações em Recife, a data foi celebrada no Núcleo do Parque de Material de Aeronáutica. Ao todo, foram 21 agraciados com a medalha, sendo um servidor civil, um militar do Exército Brasileiro e 19 militares da FAB. A cerimônia militar foi presidida pelo Comandante do Segundo Comando Aéreo Regional (II COMAR). Na sua Ordem do Dia, o Comandante-Geral de Apoio ressaltou: “Nesta data, temos a obrigação e o grande prazer em reconhecer a contribuição dessas senhoras e desses senhores, oficiais e graduados especialistas, e também de dizer que, quando vemos o resultado de seus esforços, ‘nós sentimos orgulho sem par’. Parabéns pelo grande trabalho de construção da nossa querida Força Aérea Brasileira!”.
 
O Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA-LS) também realizou a cerimônia militar, presidida pelo Brigadeiro-do-Ar Antonio Carlos Alves Coutinho, Comandante da Guarnição da Aeronáutica de Belo Horizonte. O Diretor Interino do PAMA-LS, Coronel Aviador Carlos Eduardo Alves da Silva, durante o descerramento das fotos dos graduados, praça e servidora padrão, comentou ser filho de um especialista e ressaltou o valor do tÍtulo para os escolhidos. O Suboficial Carlos Cesar Rente da Silva, agraciado com a Medalha Bartolomeu de Gusmão, destacou: “Depois de passados cerca de 25 anos na caserna, dos quais 23 no PAMA-LS, senti-me, mais uma vez, como um militar que tem contribuído para o aperfeiçoamento das atividades do PAMA-LS, uma vez que já fui agraciado com a menção do destaque logístico. Mas não posso deixar de mencionar que nenhuma medalha ou outra ação da administração que venha a me deixar realmente feliz, como a medalha Bartolomeu de Gusmão. Dessa forma, a medalha Bartolomeu de Gusmão, para mim, significou a materialidade daquilo que aprendi com meus colegas de trabalho”.