12 de Março, 2014 - 07:42 ( Brasília )

Aviação

Comissão da Câmara dos Deputados debate fortalecimento das Forças Armadas


Representantes da Marinha, Exército e Aeronáutica, juntamente com o Ministério da Defesa e parlamentares, debateram nesta terça-feira (11/03) na Câmara dos Deputados o fortalecimento das Forças Armadas. O objetivo foi promover a integração entre o Congresso, especialistas e setores interessados no assunto, além de discutir os desafios da área militar e a relação da estratégia de defesa com o desenvolvimento do Brasil .
 
O principal foco da sessão foi a análise de programas e projetos estratégicos das Forças Armadas, seu papel na Política Nacional e Estratégia Nacional de Defesa. A discussão abrange os requerimentos para que a implementação dos projetos seja feita de forma adequada. “Quando falamos em defesa, não podemos atrelar somente a parte militar. Nós temos que envolver a sociedade civil e a divulgação de conhecimentos ajuda na formação de uma opinião pública correta sobre os projetos e assuntos das Forças Armadas”, revelou o Brigadeiro do Ar, Hudson Costa Potiguara, Chefe da Terceira Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER).
 
Em sua exposição no plenário, o Brigadeiro apresentou a atualização e a modernização dos equipamentos da Força Aérea Brasileira (FAB) como o projeto das aeronaves KC-390, com destaque para o investimento na indústria nacional de defesa e influências na economia. Outro ponto destacado foi a compra dos caças Gripen NG. “A compensação econômica do projeto F-X2 está acima do valor de contrato em 40%”, afirmou. Durante a sessão, representantes da Marinha e Exército também fizeram considerações relativas a suas áreas de atuação.
 
O Deputado Izalci Lucas, que propôs a sessão, destacou a importância de reconhecer os serviços prestados pelas Forças Armadas e levantou questões sobre salário, evasão militar, modernização de infraestrutura e equipamentos. "Quando debatemos os desafios e mostramos o trabalho dos militares, queremos o esclarecimento para a busca de soluções adequadas e assim fortalecer o cumprimento da missão das Forças". O parlamentar defendeu investimentos em recursos humanos, pesquisa e tecnologia.
 
Outros parlamentares e representantes de setores ligados a assuntos militares também analisaram os desafios e a valorização dos serviços da Forças Armadas. “Esse desenvolvimento, garante não só a autonomia na indústria defesa e na segurança nacional, mas também outros benefícios para a sociedade brasileira”, afirmou o Deputado Carlos Zarattini.