24 de Outubro, 2013 - 17:29 ( Brasília )

Aviação

Argentina - Aerolineas Argentinas adquire 20 B737

Pedido histórico liderará esforço para a modernização da frota e o aumento da satisfação dos passageiros

 

Nota DefesaNet

A empresa AUSTRAL teve a sua recuperação após a entrada em operação dos EJets da EMBRAER.

Agora o governo de Cristina Kirchner procura usar a mesma estratégia para recuperar a sua empresa de bandeira, a Aerolineas Argentinas.

O Editor


          
BUENOS AIRES, 23 de outubro de 2013 – A Boeing e a Aerolineas Argentinas oficializaram uma encomenda de 20 aeronaves 737-800 Next-Generation. A encomenda, estimada em 1,8 bilhão de dólares com base na atual tabela de preços, será fundamental para os esforços contínuos de modernização da frota e de elevação do nível de satisfação dos passageiros da Aerolineas Argentinas.
           
Na cerimônia de assinatura do contrato, realizada hoje em Buenos Aires, o Dr. Mariano Recalde, presidente da Aerolineas Argentinas e da Austral Lineas Aereas, e Van Rex Gallard, vice-presidente de vendas para a América Latina, África e Caribe da Boeing Aviação Comercial, formalizaram o acordo que ajudará a operadora argentina a incrementar sua atual frota de 26 aeronaves 737 Next-Generation. 
           
“Trata-se de uma encomenda histórica para nossa empresa, tanto pelo número de aeronaves quanto por sua relevância para nossa frota”, disse o Dr. Recalde.  “O acordo é peça fundamental de um plano mais amplo para renovar nossa frota e preparar nossas operações para uma demanda crescente. O Boeing 737-800 Next-Generation possui mais assentos do que [os modelos de] nossa atual frota de corredor único e nos dará mais flexibilidade para operar rotas domésticas e regionais.”
           
Gallard observou que o acordo amplia o longo histórico de parceria da Boeing com a Aerolineas Argentinas. “Nossa parceria com a Aerolineas remonta aos tempos do Douglas DC-3,” diz ele. “Trabalhamos lado a lado com a Aerolineas para ajudá-la a oferecer uma aviação de qualidade internacional à população argentina.”
            “A aviação é um elemento chave para o crescimento e o desenvolvimento econômico, e o sucesso da estratégia de transformação da Aerolineas Argentinas, apoiado pela introdução das mais eficientes aeronaves de corredor único em serviço, ajudará a impulsionar a Argentina no século 21”, diz Gallard.
           
O investimento do governo argentino no 737 Next Generation ajuda a formar uma base para o desenvolvimento industrial na Argentina, que ganha capacidade para alavancar seus objetivos econômicos. Elemento central da malha doméstica e sul-americana da Argentina, a frota de 737s destravará a demanda por transporte aéreo na região e determinará o tom da modernização de sua infraestrutura.
           
A encomenda das 737-800s é a culminação de um ambicioso programa de renovação de frota da Aerolineas Argentinas e consolida o 737 Next-Generation como o principal modelo da frota.  Além disso, reforça ainda mais o comprometimento da companhia com a qualidade e o serviço oferecidos aos seus passageiros e à Argentina. 

Em 2012, a Aerolineas Argentinas atingiu outro marco importante de sua estratégia ao entrar para a aliança Sky Team. A chegada da Aerolineas Argentinas, e sua carteira de destinos no continente em rápida expansão, forneceu à Sky Team uma grande oportunidade de crescimento na América do Sul. 
           
O Boeing 737-800 é uma das versões mais populares da extremamente bem-sucedida família 737 Next-Generation, composta pelas aeronaves com a tecnologia mais avançada do mercado de corredor único. O sucesso da família 737 Next-Generation no mercado tem sido confirmado por investidores, que consistentemente a classificam como a aeronave de corredor único de maior preferência, dada sua ampla base de mercado, seu desempenho superior e o fato de ela ter o menor custo operacional entre os modelos de sua categoria.
 
Sobre a Aerolineas Argentinas

Fundada em 1950, a Aerolineas Argentinas é uma das principais operadoras da América do Sul. Partindo de suas bases no Aeroporto Jorge Newbery e no Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, a Aerolineas Argentinas voa para 20 destinos internacionais nas Américas, Europa e Pacífico Sul. Juntamente com a Austral Lines Aéreas, a Aerolineas opera voos para 35 destinos na Argentina, atendendo mais cidades no território argentino do que qualquer outra companhia aérea. O relançamento do hub no Aeroporto Jorge Newbery, situado na região central da cidade, permite que a Aerolineas ofereça ligações dinâmicas entre a Argentina e a região. Para mais informações sobre a empresa, visite www.aerolineas.com