14 de Outubro, 2013 - 23:02 ( Brasília )

Aviação

Comando do Exército conhece sistema aduaneiro da FAB


O Centro de Transporte Logístico da Aeronáutica (CTLA) recebeu a visita de quatro oficiais superiores do Gabinete do Comandante do Exército (GABCMTEX) com a finalidade de conhecer o processamento de cargas e o desembaraço alfandegário através das atividades de importação e exportação dos materiais que transitam pelo CTLA.
 
“A visita ajuda a ambientar os oficiais que seguirão para a Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) com os procedimentos do CTLA quanto ao desembaraço alfandegário e transporte de cargas, uma vez que os sistemas utilizados pela FAB são integrados, possibilitando mais agilidade com menos esforços.”, ressaltou o Chefe da Divisão de Despacho Aduaneiro, o Tenente Coronel Luiz Otavio da Cunha Vandelli.
 
Dentro desse foco, o Chefe da Subdivisão de Desembaraço Alfandegário, Tenente Coronel Sebastião Machado Vianna, ministrou palestra aos oficiais do Exército Brasileiro (EB) sobre os Sistemas de desembaraço alfandegário na FAB, dando ênfase na estrutura do CTLA e seus procedimentos aduaneiros de importação e exportação. Os oficiais ainda visitaram a Divisão de Operações, onde foram informados sobre a forma de como o CTLA toma conhecimento das cargas que aguardam movimentação no Brasil e como programam as missões de transporte através dos modais aéreo, terrestre e marítimo.
 
Após a palestra, a comitiva seguiu para a Divisão de Despacho, onde pode verificar na prática os procedimentos, a confecção de contratos que facilitam a exportação de material pelas Comissões Aeronáuticas Brasileiras no exterior e como o CTLA trabalha os processos de importação quando o material chega ao Brasil.
 
“A vinda ao CTLA tende a nos trazer grandes benefícios, não só na parte de desembaraço alfandegário, mas também do transporte do material que o Exército adquire vindo do exterior. Nós temos Organizações semelhantes ao CTLA e essa oportunidade nos permite melhorar os processos que hoje temos. Quando comparamos com o que a Força Aérea e a Marinha fazem, sem dúvida, temos benefícios não só de tempo, mas em economia de recursos”, comentou o Coronel José Eduardo Leal de Oliveira, Chefe da Assessoria de Pessoal do Gabinete do Comandante do Exército.