29 de Agosto, 2013 - 16:43 ( Brasília )

Aviação

Turbinas - GE e LATAM fecham contrato manutenção de U$ 500 Mi

GE Aviation fecha contrato de US$ 500 milhões com a LATAM Airlines Group


Nota DefesaNet

A turbina
CF6-80C2 equipa em especial as aeronaves B-767. O grupo LATAM possui cerca de 50 aeronaves B767, tanto para passageiros como cargueiros.

Nota do Editor



A GE Aviation fechou acordo de soluções OnPointSMcom a LATAM Airlines Group no valor de US$ 500 milhões que serão convertidos em prestação de serviços de revisão e reparo de turbinas CF6-80C2 na GE Celma. O contrato, que é global e prevê a revisão de turbinas também no Brasil, é válido por um período de 10 anos ou efetivação de 200 shop visits– como é chamado o serviço de manutenção de turbinas. Ainda será possível prorrogar o acordo por mais dois anos ou 50 shop visits - dependendo de qual expirar primeiro.

A GE trabalhou em conjunto com a Latam para desenhar uma solução customizada para a companhia aérea, associando seu conhecimento como fabricante e experiência em prestação de serviços para garantir os menores custos de operação para as turbinas CF6-80C2.

“A experiência e conhecimento da GE Aviation foram fundamentais para que este contrato pioneiro fosse fechado” conta Júlio Talon, presidente da GE Celma, que atende um total de 90% do reparo localmente, um grande diferencial competitivo, uma vez que a média global para esse tipo de serviço é próxima a 70%.  “Desse modo, a GE Celma alia indicadores importantes para o setor: serviço de qualidade, prazos menores de entrega e custos mais baixos para clientes”, detalha.

Os contratos OnPoint  são para serviços adaptados às necessidades operacionais e financeiras de cada cliente, para qualquer tamanho de frota, projetados para ajudar a reduzir o custo de operação e maximizar o uso de ativos. Apoiados por uma rede global da GE, esses contratos podem incluir serviços como revisão, on wing support (serviço de reparo feito na própria asa do avião), reparo de componentes, atualizações tecnológicas, leasing de motores. diagnóstico remoto e sistemas integrados.

Plano de Expansão

O plano de expansão da GE Celma, unidade da GE Aviation responsável por revisão de turbinas localizada em Petrópolis (RJ), teve início em 2007, quando foram revisadas 250 turbinas. Em 2014, a GE Celma inicia uma nova fase deste plano de expansão, que permitirá a revisão de 500 turbinas de grande porte por ano, antes de 2020.  “Estamos preparados para absorver o crescimento do setor, mantendo nosso prazo menor, reconhecido globalmente. Esse contrato reforça a atuação da GE Aviation no mercado de aviação mundial e representa o maior projeto fechado com a Latam”, finaliza Júlio Talon, presidente da GE Celma.

Revisão na prática

As turbinas revisadas seguem o seguinte roteiro: a GE Celma retira a turbina em qualquer lugar do mundo e a traz até o Brasil pelo aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A turbina, então, é transportada até Petrópolis (RJ) onde é feita a manutenção. Como a turbina possui aproximadamente 10 mil componentes, entre peças e acessórios, a revisão do equipamento é extremamente complexa: todas as partes são inspecionadas e seguem critérios individuais de recuperação.

Antes de voltar para o cliente, a turbina passa pelo “banco de provas” para um teste final, que simula integralmente as condições enfrentadas pelas aeronaves durante o voo, como decolagem, pouso e outras características da sua operação. A turbina é preparada para suportar situações adversas como tempestades, neve e até choques com pássaros.