26 de Agosto, 2013 - 13:40 ( Brasília )

Aviação

Legacy 650 - 1º Voo da Aeronave produzida na China

o primeiro jato executivo Legacy 650 fabricado na China concluiu com sucesso seu voo inaugural. A entrega da primeira aeronave está programada para o final de 2013.

Harbin, China, 26 de agosto de 2013– A Harbin Embraer Aircraft Industry Co., Ltd (HEAI), joint venture entre a Embraer e a AVIC (Aviation Industry Corporation of China), anunciou hoje que o primeiro jato executivo Legacy 650 fabricado na China concluiu com sucesso seu voo inaugural. A entrega da primeira aeronave está programada para o final de 2013.

Por cerca de 2 horas e 30 minutos, os pilotos e engenheiros de ensaio da Embraer realizaram testes para avaliar as características de desempenho, comandos de voo, comunicação e navegação, entre outros sistemas.

“O sucesso do primeiro voo do Legacy 650 da HEAI é um marco importante não apenas para a parceria entre a Embraer e a AVIC, mas também para a história da aviação executiva chinesa, já que se trata do primeiro jato executivo da categoria large produzido por uma joint venture no país”, afirmou Guan Dongyuan, Presidente da Embraer na China. “Parabéns a todos que contribuíram para esse resultado de sucesso.”

“A conquista de hoje é fruto da colaboração sino-brasileira e do empenho de todos os envolvidos”, declarou Yuri Capi, Presidente da HEAI. “Esse voo inaugural tem um significado especial para a nossa Empresa, pois mostra ao mercado que estamos prontos e com plena capacidade para oferecer aos nossos clientes jatos executivos de alta qualidade de fabricação local.”

O Legacy 650 entrou em serviço no final de 2010, tem alcance de 7.223 quilômetros (3.900 milhas náuticas) e capacidade para voos diretos entre Beijing e Dubai e de Hong Kong a Adelaide, na Austrália, com quatro passageiros nas condições de NBAA IFR. Com a maior cabine de sua categoria, distribuída em três zonas distintas, o Legacy 650 pode levar até 14 passageiros com muito conforto, desfrutando de sistema de entretenimento de última geração e internet de alta velocidade. A aeronave também possui o mais amplo compartimento de bagagem acessível em voo e o maior toalete de sua classe."  

Desde fevereiro de 2012, quando a Embraer entregou o primeiro Legacy 650 para o mercado chinês, a Empresa já recebeu 21 pedidos firmes e mais cinco opções para essa aeronave no país. Para fornecer um eficiente suporte ao cliente de seus jatos executivos, a Embraer continua expandindo sua rede de centros de serviços autorizados na Grande China.

Sobre a HEAI e seu Programa Legacy 600/650

Em 2 de dezembro de 2002, a Embraer assinou um acordo de cooperação industrial com a Harbin Aircraft Industry Group., Ltd. (HAIG), subsidiária da China Aviation Industry Corporation II (AVIC II), para estabelecer a joint venture Harbin Embraer Aircraft Industry Co, Ltd. (HEAI), com o intuito de produzir o jato comercial ERJ 145, tornando-se a primeira instalação da Embraer no exterior destinada à montagem de jatos regionais. Em janeiro de 2003, a HEAI foi inaugurada.

A cooperação bem-sucedida entre a Embraer e a AVIC HAIG propiciou o êxito da HEAI. O empreendimento conjunto é frequentemente citado como “mais um modelo de cooperação Sul-Sul” por líderes chineses e brasileiros. Até abril de 2012, a HEAI entregou 41 aeronaves ERJ 145 às companhias aéreas da China. A HEAI tornou-se uma potência importante para alavancar o robusto desenvolvimento da indústria de aviação regional do país, permitindo que mais chineses se beneficiem de serviços regionais em transporte aéreo.

Em 21 de junho de 2012, em resposta à potencial demanda do mercado de aviação executiva em ascensão na China, a Embraer e a AVIC (empresa fundada em 6 de novembro de 2008 por meio da re-estruturação e consolidação AVIC I e AVIC II) chegaram a um consenso e decidiram também produzir os jatos executivos Legacy 600/650 na China, utilizando a infraestrutura, os recursos financeiros e a força de trabalho da HEAI.

No mesmo dia, a empresa chinesa ICBC Financial Leasing Co., Ltd. firmou um acordo com a HEAI para 10 jatos Legacy 650, sendo cinco pedidos firmes e cinco opções, tornando-se assim o cliente-lançador do programa Legacy 600/650 da HEAI. A primeira aeronave começou a ser produzida em janeiro de 2013.