23 de Agosto, 2013 - 09:43 ( Brasília )

Aviação

Iêmen pediu drones para Washington


O presidente do Iêmen, Abd Rabo Mansur Hadi, afirmou que seu país pediu a Washington o fornecimento de drones, e que os ataques por esses dispositivos foram produzidos no âmbito da cooperação na "luta contra o terrorismo".

"Falei com o governo dos Estados Unidos para nos ajudar com esta tecnologia", disse o presidente, em referência aos aviões não-tripulados em um discurso divulgado pela agência de notícias Saba.

Os drones no Iêmen mataram dezenas de membros da Al-Qaeda na Península Arábica (AQAP). Apenas os Estados Unidos possuem tais dispositivos nesta região.

Hadi defendeu o uso de drones, garantindo que eles são mais precisos do que outras armas.

"A cooperação no âmbito da luta contra o terrorismo não é um segredo", acrescentou, a respeito da luta contra a Al-Qaeda pelas autoridades iemenitas, apoiadas pelos Estados Unidos.

Nesta sexta-feira, dois soldados morreram e seis ficaram feridos em um atentado suicida no leste do país, segundo um oficial militar que acusa a Al-Qaeda.