03 de Maio, 2013 - 12:06 ( Brasília )

Aviação

Avião militar norte americano com 5 tripulantes cai no Quiguistão


Um avião militar americano KC-135 com cinco tripulantes a bordo caiu nesta sexta-feira no Quirguistão, onde os Estados Unidos têm um centro de tráfego aéreo para abastecer as tropas no Afeganistão, segundo as autoridades do país centro-asiático.

"A aeronave pegou fogo no ar, explodiu e caiu", informou um porta-voz do Ministério para Situações de Emergência quirguistanês, citado pelas agências russas.

O avião de abastecimento, que havia decolado às 14h30 locais do aeroporto de Manás, perto da capital do Quirguistão (Bisqueque), caiu pouco depois em uma região montanhosa perto da fronteira entre o país e o Cazaquistão.

As equipes de salvamento foram ao local do acidente em busca de sobreviventes, mas as esperanças de encontrar algum tripulante vivo são poucas. As testemunhas oculares da catástrofe não chegaram a ver nenhum paraquedista saltar a tempo do aparelho.

Os KC-135, fabricados pela Boeing, são usados no mundo todo desde meados do século XX e participaram desde então de trabalhos de abastecimento e transporte em vários conflitos.

Os EUA contam no Quirguistão com um centro internacional de tráfego de mercadorias com destino às tropas aliadas enviadas ao Afeganistão desde o fechamento, em 2009, da base militar de Manás.

O contrato de arrendamento do centro expira em 2014, quando a presença dos EUA no Afeganistão será encerrada, mas Washington quer prolongar a permanência no local, alegando que sua presença é vital para combater o terrorismo em toda a região da Ásia Central.